Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1116
Título: Escala do Impacto do Uso das Redes Sociais (EIURS): estudo da estrutura fatorial e propriedades psicométricas
Autores: Pinhal, Catarina de Freitas
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Redes sociais digitais - Digital social media
Internet - Internet
Análise fatorial exploratória - Exploratory factor analysis
Propriedades psicométricas - Psychometric properties
Data: 2019
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: A expressão Redes Sociais é atualmente muito popular, no entanto, até há pouco tempo esta não fazia parte do nosso dia a dia. A evolução da Internet e das novas tecnologias da informação e comunicação veio possibilitar aos seus utilizadores uma nova forma de comunicar. Atualmente o número de utilizadores das redes sociais online tem vindo a aumentar de uma forma exponencial, tendo como principais repercussões o seu uso excessivo devido à quantidade de tempo que lhes é dedicada, bem como o aumento da frequência da sua utilização. Como tal, o desenvolvimento de um instrumento que permita avaliar o impacto da sua utilização torna-se relevante. Neste contexto, foi desenvolvida a Escala do Impacto do Uso das Redes Sociais (EUIRS). Objetivos: A presente investigação teve por objetivo o estudo da estrutura fatorial e respetivas propriedades psicométricas da EIURS na população geral. Método: A amostra foi constituída por 328 participantes, dos quais 216 foram mulheres (65.9%) e 112 homens (34.1%), com uma média de idades de 33 anos (DP= 11.95). Todos os participantes preencheram um questionário sociodemográfico criado para o efeito e instrumentos de autorresposta, incluindo a Escala do Uso das Redes Sociais (EIURS), as Escalas de Ansiedade, Depressão e Stress (EADS-21), o Internet Addiction Test (IAT) e o Nomophobia Questionnaire (NMP-Q-PT), numa plataforma online GoogleDocs. Resultados: A análise de componentes principais com rotação direct Oblimin da EIURS revelou uma estrutura bifatorial, integrando uma dimensão relativa à falta de controlo pessoal e interferência do uso das redes sociais digitais na vida dos indivíduos e uma dimensão alusiva à importância atribuída pelos indivíduos às redes sociais online e a necessidade da sua utilização. No que diz respeito à consistência interna, o valor do alfa de Cronbach encontrado foi de .89 para a escala total. No estudo da validade convergente e divergente a EIURS apresentou-se positivamente correlacionada com o NMP-Q-PT e com a IAT, evidenciando correlações de menor dimensão com as subescalas da EADS-21. A EIURS mostrou estar negativamente correlacionada (r = -.30; p < .001) e não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre homens e mulheres nas suas pontuações. Discussão: O estudo exploratório da EIURS apresenta contributos importantes para a área possibilitando a avaliação do impacto do uso das redes sociais segundo uma perspetiva do uso problemático. Este instrumento de autorresposta breve revelou-se válido e fidedigno podendo ser utilizado, quer em contexto clínico, quer de investigação. / Introduction: The term Social Media is currently very popular, however, until recently it was not part of our daily lives. The evolution of the Internet and new technologies of information and communication has made possible for users a new form of communication. Currently the number of users of these online platforms has been increasing exponentially, with the main repercussions of their excessive use due to the amount of time devoted to them, as well as the increased frequency of their use. Therefore, the development of instruments to assess the impact of excessive use becomes relevant. In this context, the Social Media Impact Scale (EIURS) was developed. Objectives: Study the factor structure and psychometric properties of EIURS in the general population. Methods: A sample encompassing 328 participants, 216 women (65.9%) and 112 men (34.1%), with a mean age of 33 years (SD = 11.95) completed online a set of self-report instruments: sociodemographic questionnaire, the Social Media Use Scale (EIURS), the Anxiety, Depression and Stress Scales (DASS-21), the Internet Addiction Test (IAT) and the Nomophobia Questionnaire (NMP-Q-PT), available through Google Docs platform. Results: A principal component analysis of the EIURS revealed a two-factor structure, integrating a dimension related to lack of personal control and interference of social media use in individuals’s lives and a dimension referring to the importance individuals assign to social media and their need for using it. Regarding internal consistency, Cronbach's alpha value was .89 for the total scale. In the study of convergent and divergent validity, the EIURS was positively correlated with the NMP-Q-PT and the IAT, showing smaller correlations with the EADS-21 subscales. The EIURS showed to be negatively correlated with age (r = -.30; p <.001) and no significant differences were found between men and women in the EIURS mean scores. Discussion: The exploratory study of the EIURS presents important contributions to the area allowing the assessment of the impact of social media use from a perspective of its problematic use. This brief self-report instrument has proven to be valid and reliable and can be used in both clinical and research settings.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1116
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação.pdf
  Restricted Access
Documento principal517.74 kBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy
Apêndices.FINAL.PDF
  Restricted Access
Apêndices858.41 kBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.