Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1135
Título: Social Work in Public Schools: ratios of students per social worker in Portugal
Outros títulos: Serviço Social em Escolas Públicas: rácios de estudantes por assistente social em Portugal
Autores: Mendes, Sara
Guadalupe, Sónia
Palavras-chave: Assistente social, Serviço social na escola, Rácio, Escolas públicas
Data: 28-fev-2019
Editora: Departamento de Investigação & Desenvolvimento
Citação: Mendes, S., & Guadalupe, S. (2019). Serviço social em escolas públicas: Rácios de estudantes por assistente social em Portugal. Revista Portuguesa De Investigação Comportamental E Social, 5(1), 61-71. https://doi.org/10.31211/rpics.2019.5.1.107
Relatório da Série N.º: 5;
Resumo: Objetivo: O presente estudo estima o rácio de estudantes por assistente social nas escolas públicas de Portugal. Métodos: A análise documental foi utilizada para a recolha de dados, seguindo três etapas com critérios específicos: 1) partimos de fontes documentais oficiais para identificar as escolas que permitem a contratação de assistentes sociais; 2) foram recolhidas evidências de empregabilidade de assistentes sociais na página institucional de cada escola; 3) foi construída uma base de dados, a nível nacional e regional, para o território continental de Portugal. Resultados: Foram identificados 112 assistentes sociais no universo de 811 escolas públicas (escolas agrupadas e não agrupadas). O rácio a nível nacional de assistente social/estudantes em todas as escolas de Portugal continental foi de 1:12.086, variando entre 1:8.753 e 1:22.237. O rácio nas escolas que têm assistentes sociais foi de 1:1.394, variando entre 1:1.210 e 1:1.768, dependendo da região do país. Conclusões: Os assistentes sociais são profissionais muito residuais na escola pública, destacando-se os rácios alarmantes e desiguais territorialmente de assistentes sociais/estudantes. Tal evidencia o desinvestimento na profissão e nos seus objetivos no campo da educação. Estes resultados interpelam as organizações nacionais e europeias de assistentes sociais a definir recomendações de rácios de estudantes por assistente social, exigindo um maior investimento nesta área crucial de intervenção social.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1135
ISSN: 2183-4938
Aparece nas colecções:Publicações Científicas em Serviço Social

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
107-Texto Artigo-1058-2-10-20190228.pdf161.74 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.