Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1183
Título: A Communication for Development Approach to Eradicating Polio: India succeeds: research-driven outreach, extension & interpersonal strategy
Outros títulos: Uma Abordagem de Comunicação para o Desenvolvimento na Erradicação da Poliomielite: a Índia como um caso de sucesso: divulgação, extensão e estratégia interpessoal
Autores: Gupta, Deepak
Bansal, Kiron
Agarwal, Anusha
Palavras-chave: Erradicação da Poliomielite, Sobrevivência infantil, Fatores de risco, Comunicação para o Desenvolvimento (C4D), SBCC, Índia
Data: 30-jun-2020
Editora: ISMT
Citação: Gupta, D., Bansal, K. e Agarwal, A. 2020. Uma Abordagem de Comunicação para o Desenvolvimento na Erradicação da Poliomielite: a Índia como um Caso de Sucesso. Interações: Sociedade e as novas modernidades. 38 (Jun. 2020), 162-180. DOI:https://doi.org/10.31211/interacoes.n38.2020.a6.
Relatório da Série N.º: 7;
Resumo: A comunicação para o desenvolvimento (C4D) foi identificada como um fator importante na erradicação da poliomielite na Índia. A Índia foi aclamada como um caso de sucesso, pois conheceu a utilização inovadora de dados epidemiológicos e a aplicação de múltiplos canais de comunicação, especialmente para o programa de erradicação da poliomielite. Também se percebeu que a comunicação para a erradicação da poliomielite promoveu principalmente a queda da vacina contra a poliomielite, enquanto os principais fatores causais, como baixas taxas de imunização de rotina, falta de saneamento básico, falta de água potável e nutrição inadequada, responsáveis ​​pela disseminação do vírus da poliomielite, não têm sido promovidos, enquanto conteúdo da mudança de comportamento. A pesquisa foi realizada em aglomerados suburbanos em torno da capital Delhi, habitada por migrantes de dois estados indianos. A pesquisa documentou que o conhecimento e as perceções de um grande número de comunidades são muito baixos, em relação à recuperação de quaisquer fatores causais que levam à transmissão da poliomielite. A investigação concluiu que, para que os comportamentos mudem, é necessário ter em conta tabus culturais, normas sociais e desigualdades estruturais, incluindo uma ênfase especial nos colonos migrantes. As estratégias de comunicação devem estar cientes e sintonizadas com o ambiente político e legislativo e também vinculadas aos aspetos de prestação de serviços para os mais vulneráveis ​​e excluídos socialmente.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1183
ISSN: 2184-2929
Aparece nas colecções:Publicações Científicas C e T

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
document.pdf292.56 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.