Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/302
Título: A Cultura Organizacional Frente ao Comportamento Homoafetivo
Autores: Melo, Eduardo Luiz de
Silva, Washington Luiz Martins da (Orientador)
Pereira, Severina Gomes (Orientadora)
Palavras-chave: Ciência - Science
Religião - Religion
Sociedade - Society
Família - Family
Organização - Organization
Data: 2010
Editora: ISMT
Resumo: Tratar de cultura é fazer parte da evolução humana, pois esta é a realidade que direciona os caminhos para entender a mentalidade das pessoas numa trilogia que envolve, religião, ciência, sociedade e organização. Percebe-se quando o individuo torna-se mais culto diminui a intensidade em sua crença, mesmo assim jamais o homem poderá caminhar sem esses dois mundo, cientifico e religioso. Nisto a percepção sensitiva da existência humana, acontece mediante a razão universal pois o importante é a integração do ser para uma vida mais humanizada, desde a forma de pensar e agir podendo enfrentar desafios para adaptar-se ao meio em busca de seu momento prazeroso. Vivenciar a cultura é obter um resultado que envolva, diversidade, sedução, controle de dominação e encantos, incorporado a historia de um povo Nesta performance a racionalização e a superação dos preconceitos é percebido como fenômeno da capacidade criadora e inovadora, exercendo sua liberdade, fundamentada na manifestação do espírito, onde cultura e símbolos representam sentimento e auto definição. No Brasil a cultura é vista como estruturação da teoria racista, optada por prazeres fáceis, vícios, adultério, poligamia, machismo, autoritarismo e conformismo ocasionado por uma miscigenação que consolida os costumes do relativismo cultural, vinculado a uma cidadania grupal que preserva uma postura ética permeando desigualdades, ocasionando a aparecimento de novos sujeitos sociais. Negros, mulheres e homossexuais, fazendo parte dos fatores, psicológico, biológico, sociológico e culturais. / To deal with culture is to be part of the evolution human being, therefore this is the reality that directs the ways to understand the mentality of the people in a trilogy that involves, religion, science, society and organization. It is perceived when the individual becomes more cultured diminishes the intensity in its belief, exactly thus never the man will be able to walk without these two world, scientific and religious. In this the sensitive perception of the existence human being, happens by means of the universal reason therefore the important one is the integration of the being for a humanizada life more, since the form to think and to act being able to face challenges to adapt it the way in search of its pleasant moment. To live deeply the culture is to get a result that involves, diversity, seduction, control of domination and enchantments, incorporated the history of a people In this performance the rationalization and the overcoming of the preconceptions is perceived as phenomenon of the creative and innovative capacity, exerting its freedom, based on the manifestation of the spirit, where culture and symbols represent feeling and auto definition. In Brazil the culture is seen as estruturação of the racist theory, opted to easy pleasures, vices, adultery, polygamy, machismo, authoritarianism and conformism caused for a miscegenation that consolidates the customs of the cultural relativism, tied with a group citizenship that preserves an ethical position promoting inaqualities, causing the appearance of new social citizens. Blacks, women and homosexuals, being part of the factors, psychological, biological, sociological and cultural.
URI: http://dspace.ismt.pt/xmlui/handle/123456789/302
Aparece nas colecções:Dissertações e Relatórios de Mestrado J-P-E

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CAPA.pdfDocumento introdutório93.65 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
Dissertação.pdfDocumento principal1.29 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.