Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/368
Título: Gestão de risco em turismo: o caso do ‘Costa Concórdia’
Autores: Simões, Pedro
Palavras-chave: turismo
riscos
ameaças
governança
Data: 2013
Resumo: O risco é algo que está presente na vida humana e no quotidiano. Em actividades turísticas, exitindo um conjunto de áreas e tecnologias ligadas à execução de inúmeras acções, poderá estar-se perante índices de risco mais elevados. A concretização de um desastre, como resultado de um nível elevado de risco, ambiental ou tecnológico, mas sem prevenção activa, ocorrido em determina instalação turística, para além das percas de vidas associadas e respectivas implicações de ordem sócio-ambiental em toda área circundante, poderá resultar no fim dessa mesma actividade. O acidente ocorrido em 2012 com o Costa Concórdia, navio com a maior tonelagem e valor económico do Mundo, apesar de não se ter registado número elevado de vítimas, tendo à sua disposição a melhor tecnológia para navegação, um erro humano deu origem a um risco tecnológico e ao naufrágio envolvendo o maior navio até à altura. Falta de formação da tripulação, erros constantes de navegação, má-governança de riscos e menos boa condução a nível de comunicaão estratégica e relações públicas poderão colocar em causa o futuro da empresa e também colocar uma imagem negativa nas viagens transatlânticas.
URI: http://dspace.ismt.pt/xmlui/handle/123456789/368
Aparece nas colecções:Publicações Académicas J-P-E

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
gestao crise em turismo- caso Costa ConcordiaFINAL.pdf240.39 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.