-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/377
Título: Qualidade de Vida e Solidão no Idoso Institucionalizado
Autores: Batista, Gabriela Maria Pinto
Palavras-chave: Qualidade de vida - Quality of life
Solidão - Loneliness
Sintomas depressivos - Depressive symptoms
Data: 2013
Editora: ISMT
Resumo: O presente estudo, teve como objetivo geral avaliar a qualidade de vida dos idosos que se encontram institucionalizados. Foi igualmente nosso objetivo verificar se existe uma associação entre a qualidade de vida e a solidão no idoso; se existem diferenças relativas ao género, e se existe uma correlação entre solidão e depressão. O nosso estudo contou com a participação de 31 idosos institucionalizados, com idades compreendidas entre os 69 e os 91 anos, maioritariamente do sexo feminino. Na recolha de dados usámos, o teste WHOQOL-Bref para a Qualidade de vida; a Escala da Depressão Geriátrica (GDS) para a avaliar os sintomas depressivos; para a avaliação da presença de solidão foi utilizada a escala de solidão da UCLA e também foi elaborado um questionário sociodemográfico. Os nossos resultados revelaram a presença de solidão e sintomas de depressão nesta amostra de idosos; na qualidade de vida, os domínios que se apresentaram mais fortes foram o ambiente e as relações socias, mostrando uma maior fragilidade no domínio psicológico e físico. Os idosos com maiores níveis de solidão, apresentaram menores níveis de qualidade de vida. Por fim, verificou-se que os idosos que recebem visitas de amigos, apresentaram menos níveis de solidão e alguma melhoria de qualidade de vida no domínio psicológico. / The present study had as general objective to evaluate the quality of life of elderly people that are institutionalized. It was also our aim to verify whether there is an association between quality of life and loneliness in the elderly and if there are differences related to gender, and if there is a correlation between loneliness and depression. Our sample had the participation of 31 institutionalized elderly, aged between 69 and 91 years, mostly female. In collecting data we used the WHOQOL-Brief test to evaluate the quality of life, the Geriatric Depression Scale (GDS) to assess depressive symptoms, and to assess the presence of loneliness scale was used for the UCLA Loneliness we also designed a demographic questionnaire. It was verified the presence of loneliness and depression symptoms in this sample of elderly; in quality of life, the areas that presented stronger were environment and social relations, showing a higher fragility in the psychological and physical areas. The elderly, who feel higher levels of loneliness, will have lower levels of quality of life. Ultimately, it was found that seniors who receive visits from friends present lesser levels of loneliness and some improvement on their quality of life for the psychological domain.
URI: http://dspace.ismt.pt/xmlui/handle/123456789/377
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ficheiro_temporario.pdf2.33 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.