-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/436
Título: Validação do Youth Quality of Life Instrument para a população portuguesa: YQOL-R
Autores: Mendes, Sara Alexandra Melo
Cunha, Marina (Orientadora)
Palavras-chave: Qualidade de vida relacionada com a saúde - Quality of life related to health
Estudos de validação - Validation studies
Crianças - Children
Adolescentes - Adolescents
YQOL-R - YQOL-R
Data: 2014
Editora: ISMT
Resumo: É incontornável o estatuto que o conceito de qualidade de vida assume hoje na prática e políticas de saúde pública. Na infância e adolescência é ainda escassa a investigação, tornando-se crucial o desenvolvimento de instrumentos de qualidade vida relacionada com a saúde validados para esta população. O presente trabalho tem como objetivo fundamental analisar as qualidades psicométricas e validar a versão portuguesa do Youth Quality of Life (YQOL-R) (Patrick, et al., 2002). A amostra é constituída por 507 adolescentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 19 anos, a frequentar o 3º ciclo do ensino básio e ensino secundário de escolas públicas do ensino regular. Para além do citado instrumento a validar, os jovens preencheram também, para a análise da validade convergente e divergente, o Kidscreen-27 (Gaspar & Matos, 2008) e a Escala da Depressão, Ansiedade e Stresse (EADS-21) (Pais-Ribeiro, Honrado & Leal, 2004). Os resultados mostram que o YQOL-R apresenta uma estrutura fatorial de quatro fatores, semelhantes à versão original americana (individual, relações sociais, ambiente e qualidade de vida em geral). Possui uma boa consistência interna e uma adequada estabilidade temporal. Mostrou correlações significativas e no sentido esperado com as variáveis em estudo. Foram igualmente encontradas diferenças de género em relação à qualidade de vida, sendo os rapazes a reportarem em média níveis mais elevados de perceção da qualidade de vida, comparativamente às raparigas. Futuros estudos devem ser realizados em amostras clínicas para confirmação dos dados. Não obstante esta limitação, o presente estudo contribuiu para a disponibilização de um novo instrumento para avaliação da qualidade de vida em crianças e adolescentes, o qual evidenciou boas propriedade psicométricas, apoiando, assim empiricamente, a sua utilização nas práticas de saúde e investigação em amostras da comunidade. / Nowadays, it´s unavoidable the status that, the concept of quality of life assumes in practices and politics of public health. In childhood and adolescence it´s weak the investigation but it´s crucial the development of instruments of quality of life related to health validated to this population. The present work has an important aim, it´s analyze the psychometric qualities and validate the Portuguese version of Youth Quality of Life (YQOL-R) (Patrick, et al., 2002). The sample consists of 507 adolescents, aged between 12 and 19 years old and they attend the 3 rd cycle of basic education and secondary education schools in villages of regular education. Apart from that instrument, teenagers fill in, also, to the analysis convergent and divergent, the Kidscreen-27 (Gaspar & Matos, 2008) and the Depression, Anxiety and Stress Scale (EADS-21) (Pais-Ribeiro, Honrado & Leal, 2004). The results show that the YQOL-R presents a factorial structure with four factors similar to original American version (individual, social relations, environment and general quality of life), presenting a good internal consistence and an adequate temporal stability. Substantial correlations showed and in the expected way with the variables in study. Have been found differences of gender related to quality of life, boys reported on average higher levels of quality of life perception, comparatively to the girls. Future studies must be performed in clinical samples to confirm the findings. In spite of this restriction, the actual study contributes to providing a new instrument to evaluate the quality of life in children and adolescents, this evidenced good psychometric properties, supported empirically its application in heath practices and investigation in community samples.
URI: http://repositorio.ismt.pt/xmlui/handle/123456789/436
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE para cd.pdfDocumento principal584.57 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos.pdfAnexos454.25 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.