-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/451
Título: Comorbidade e Relação Temporal entre Ansiedade e Depressão em Idosos Institucionalizados
Autores: Sousa, Maria Carmen Clemente
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Palavras-chave: Ansiedade - Anxiety
Depressão - Depression
Idosos - Elderly
Data: 2014
Editora: ISMT
Resumo: Objetivos: Este estudo tem como objetivo determinar se a ansiedade é um fator preditivo de depressão, independentemente de características demográficas e clínicas. Método: Utilizou-se como metodologia básica a aplicação de questionários para obtenção dos dados numa amostra de 83 idosos institucionalizados em Coimbra. O estudo foi de natureza prospetiva e quasi-experimental. Para atender aos objetivos propostos, foram aplicados vários instrumentos de avaliação psicológica: um questionário sociodemográfico; a Escala de Depressão Geriátrica; o Inventário de Ansiedade Geriátrica; a lista de Afetos Positivos e Negativos; O teste breve de rastreio cognitivo e o Questionário de Sono na Terceira Idade. Resultados: Os resultados sugerem para os idosos institucionalizados que sofrem de ansiedade, sintomas de depressão e declínio cognitivo. A regressão logística mostrou que a depressão é influenciada pela ansiedade, sexo e sintomas negativos. A regressão de Cox rejeitou a influência do sexo, mas confirmou que a ansiedade é um fator preditivo de depressão (HR = 5,9 vezes), bem como as emoções negativas (HR = 3,8 vezes). Discussão. Este estudo demonstra a importância do diagnóstico dos sintomas de ansiedade para prevenir a depressão. Não nos podemos esquecer que a depressão é comprovadamente fator de risco para muitas doenças físicas e mentais, por isso prevenir a depressão é também atuar noutras patologias. / Objectives: This study aims to determine whether anxiety is predictive of depression regardless of demographic and clinical characteristics. Method: We used as basic methodology of data collection questionnaires administered in a sample of institutionalized elderly in Coimbra. The design was a quasi experimental study. To meet the proposed objectives, various psychological assessment tools, including the sociodemographic questionnaire; the Geriatric Depression Scale 30 items (GDS); the Geriatric Anxiety Inventory (GAI); the Positive and Negative Affect Schedule (PANAS); the brief cognitive screening test (MMSE) and the Sleep Questionnaire in Elderly. Results: The results suggest institutionalized elderly people suffer from anxiety, depression symptoms, and cognitive decline. Logistic regression showed that depression is influenced by anxiety, gender and negative symptoms. Cox regression reject gender, but confirm that anxiety is predictive of depression (HR = 5.9 times) as well as negative emotions (HR = 3.8 times). Discussion. This study shows the importance of diagnosis of anxiety symptoms for preventing depression. We can forget that depression is proven risk factor for fisical and mental diseases.
URI: http://repositorio.ismt.pt/xmlui/handle/123456789/451
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_7_11.pdfDocumento principal867.57 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.