-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/456
Título: Validação da Severe Impairment Battery Language numa Amostra de Idosos com Alzheimer em Portugal
Autores: Nogueira, Simon Miguel Fermino
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Palavras-chave: Demência de Alzheimer - Alzheimer's Disease
Severe Impairment Battery Language Scale (SIB-L) - Severe Impairment Battery Language Scale (SIB-L)
Depressão - Depression
Ansiedade - Anxiety
Idosos - Elderly
População portuguesa - Portuguese population
Data: 2011
Editora: ISMT
Resumo: Objectivo: O presente estudo tem por objectivo contribuir para a validação de uma versão portuguesa da Severe Impairment Battery Language scale (SIB-L) como instrumento de medida da linguagem no idoso com demência moderada a agravada. Método: Traduzimos a versão original da SIB-L através de um processo de tradução-retroversão com dois tradutores e retrovertores independentes. A tradução visou assegurar a equivalência de conteúdo das versões americana e portuguesa. Aplicou-se a SIB-L a uma amostra de 120 idosos, dos quais 53 (44,2%) eram do género masculino e 67 (55,8%) do género feminino, com idades compreendidas entre 60 e 89 anos que frequentavam o Serviço de Psiquiatria dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC). Esta amostra foi dividida em dois grupos, um com diagnóstico de Doença de Alzheimer provável e outro sem demência. Foram estudadas a fidedignidade e a validade da SIB-L. A validade foi estudada através das correlações entre as pontuações da SIBL, do MMSE e do MoCA e através das correlações entre as pontuações da SIB-L, do GAI e da GDS. Fizemos ainda uma análise factorial através de uma análise de componentes principais. Estudámos as relações entre a linguagem e os sintomas ansiosos e depressivos. Caracterizámos e comparámos os dois grupos de idosos através das pontuações da SIB-L, MMSE e MoCA. Resultados: A escala apresenta uma consistência interna elevada (alfa = 0,89). A correlação teste-reteste para a pontuação total da SIB-L foi significativa, o mesmo aconteceu com as subescalas. A SIB-L apresenta correlações elevadas com o MoCA e o MMSE, correlações negativas com o GAI e ausência de correlações com o GDS, o que atesta a sua validade de constructo. A linguagem relaciona-se com as funções cognitivas medidas pelo MMSE e MoCA e também com os sintomas ansiosos. Os idosos com DA provável estão linguisticamente piores, têm maior declínio cognitivo e têm mais sintomas ansiosos de forma significativa. Finalmente, verifica-se que os idosos demenciados constituem um grupo heterogéneo linguisticamente e cognitivamente. Conclusão: Este estudo mostra que a versão portuguesa da escala SIB-L é uma escala fidedigna e válida para a população idosa portuguesa. / Purpose: The current research’s purpose is the contribute to the validity of a Portuguese version of the Sever Impairment Battery Language (SIB-L) as an assessment tool for language performance in moderate and severe dementia in elderly. Method: We translated the original SIB-L version by a translation-back-translation process with two independent translators and back translators. The translation aims to ensure equivalence of content of the American and the Portuguese versions. We evaluated a 120 elderly sample with SIB-L, of whom 53 (44,2%) were males and 67 (55,8%) were females, with ages ranging between 60 and 89 years old who attended the Psychiatry Service of Coimbra’s University Hospitals (HUC). This sample was divided in two groups, one with a probable Alzheimer’s disease (AD) diagnostic and another one without dementia. Validity and reliability of SIB-L was studied. Validity was studied by the correlations between SIB-L, MMSE and MoCA scores and by the correlations between SIB-L, GAI and GDS scores. We also did a factor analysis through principal component analysis. We studied the relation between language and anxious and depressive symptoms. We characterized and compared the groups by SIB-L, MMSE and MoCA scores. Results: The scale shows a high internal consistency (alpha = 0.89). The test-retest correlation for SIB-L total score was significant, the same happened with MMSE and MoCA sub-scales. SIB-L presents high correlations with MoCA and MMSE, negative correlations with GAI and no correlations with GDS, which attests its construct validity. There is an association between Language and the cognitive functions evaluated by MMSE and MoCA as well as with the anxious symptoms. Elderly with probable AD are worst in linguistic function, have a higher cognitive decline and have significantly more anxious symptoms. Finally, we noticed that demented elderly are a cognitive and linguistic heterogeneous group. Conclusion: this study shows that the Portuguese version of SIB-L is a reliable and valid scale for elderly Portuguese people.
URI: http://repositorio.ismt.pt/xmlui/handle/123456789/456
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T-Miguel-SIBL.pdf575.32 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.