Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/986
Título: A Experiência do Flow em Atletas Adolescentes
Autores: Cação, Rute de São José
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Palavras-chave: Flow - Flow
Desporto - Sports
Adolescentes - Adolescents
Modalidades desportivas - Sports activities
Data: 2019
Editora: ISMT
Resumo: Embora o conceito de flow tenha sido desenvolvido na década de 70, atualmente ainda é pouco explorado pelos investigadores. Por isso, este estudo teve como objetivo principal analisar a experiência de flow numa amostra de atletas adolescentes. Especificamente pretendeu-se averiguar pelo nível de flow nesta amostra se existem diferenças na experiência de flow em função do sexo, horas de treino e anos de prática; avaliar se a experiência de flow varia em função da idade e das modalidades; e relacionar as componentes/total do flow e os anos de prática. A amostra total foi constituída por 400 sujeitos, 267 do sexo masculino e 133 do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos. Estes atletas foram divididos de forma igualitária por quatro modalidades distintas: Canoagem, Basquetebol, Futebol e Atletismo. Para a recolha de dados foi utilizado um Questionário Sociodemográfico e a Flow State Scale 2 (FSS-2). Os principais resultados indicaram que a experiência de flow vivenciada por estes jovens atletas encontra-se acima da média (tendo em conta os valores mínimos e máximos das respostas dadas), mostrando especificamente que os atletas rapazes (em cinco componentes e no flow total), os atletas que têm mais anos de prática desportiva (exceto em duas componentes), os atletas que praticam a modalidade de futebol (somente em uma componente), os atletas com 17 anos (somente em uma componente) revelaram uma experiência de flow um pouco mais elevada (p < 0,05), sugerindo a presença de estados psicológicos ótimos nestes grupos. As correlações também mostraram que a variável anos de prática apresentou correlações positivas baixas com a maioria das componentes e com o flow total. Uma melhor compreensão deste fenómeno pode ajudar na intervenção com atletas adolescentes (treino direcionado para as habilidades psicológicas), dotando-os de mais competências para que consigam atingir um estado psicológico ótimo. / Although the concept of flow has been developed in the 70s, nowadays is still a concept with little explored. With that thought, the main objective of this study is to analyze the experience of flow in a sample of athlete adolescents. Specifically we intended to check for this levels of flow; in this to analyze if there exists differences in experiencing flow according to sex, training hours and years of practice, to evaluate if the experience of flow is diverse according to age and its activities; and evaluate the association of these components/total flow with the years of practice. This sample had a total of 400 subjects, 267 were male and 133 were female, with ages between 15 and 18 years old. These athletes were evenly separated by four distinct activities: canoeing, basketball, football and athletics. This study used the sociodemographic questionnaire and the Flow State Scale 2 to analyze the gathered data. The main results shown that the experience of flow by this young athletes were above average (remembering the minimum and maximus values), showing specifically that the boy athletes (in five components and total flow), the athletes with more years of practice (with the exception of two components), the athletes that practice football (only on one component), 17 year old athletes (only on one component) revealed an experience of flow a little higher (p < 0,05), proposing a great psychological state in these group. The correlations also showed that the variable of more years of practice revealed low positive correlations with most of the components and with total flow. A better understanding of this phenomenon may help in the intervention with adolescent athletes (training directed to the psychological abilities), giving them more skills so that they reach an optimal psychological state.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/986
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de mestrado_Rute CD.pdf
  Restricted Access
Documento principal438.43 kBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy
Tese de mestrado_Rute_apendices CD.pdf
  Restricted Access
Apêndices132.75 kBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.