Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1117
Título: Sonhos e Morte nas Confissões de Thomas De Quincey: contributos a partir de Freud e Bion
Autores: Barreira, Leila Filipa da Silva
Vicente, Henrique (Orientador)
Palavras-chave: Confissões de um opiómano inglês - Confessions of an english opium eater
Thomas De Quincey - Thomas De Quincey
Sonhos - Dreams
Pulsão de morte - Death drive
Compulsão de repetição - Repetition compulsion
Alfa Dream Work - Alfa Dream Work
Data: 2019
Editora: ISMT
Resumo: Confissões de Um Opiómano Inglês é uma obra literária escrita por Thomas De Quincey e publicada em formato de livro no ano de 1822, sobre a experiência da dependência do ópio e a sua influência nos sonhos. Pretendeu-se explorar os relatos do autor à luz dos conceitos de pulsão de morte e compulsão de repetição, de Freud, e alfa dream work, de Bion. Este trabalho divide-se em três segmentos: recolha dos dados biográficos do autor, através da obra em análise e de outras obras biográficas; exploração da narrativa confessional e a sua análise; interligação dos dados biográficos e de análise da obra com os aportes psicanalíticos referenciados. Encontraram-se várias indicações, nas palavras do autor, de um funcionamento psíquico sob o domínio das pulsões de morte, em que a compulsão de repetição opera como tentativa de elaboração do trauma, através da repetição das experiências de perda e através dos sonhos. Os sonhos parecem recuperar o trauma permanentemente, numa tentativa de elaboração psíquica inconsciente dos elementos não simbolizados. Através da análise de uma narrativa autobiográfica com quase duzentos anos, num certo sentido próxima da associação livre em setting analítico, foi possível explorar o funcionamento mental de um sujeito, simultaneamente criativo e dependente. / Confessions of an English Opium Eater is a literary work written by Thomas De Quincey and published in book format in the year 1822, about the experience of opium addiction and its influence on dreams. This paper explores the connection between the author's autobiographical accounts exposed in this work, Freud’s concepts of death drive and repetition compulsion, and Bion’s conceptualization of alpha dream work. This paper is divided into three segments: collection of biographical data of the author, both through the work under analysis and other biographical works; exploration and analysis of the confessional narrative; finally, the association of biographical data and the analysis of the work with the aforementioned Freud and Bion’s psychoanalytic concepts. Several evidences were found, in the author’s writings, of a psychic functioning under the domain of death drives, in which the repetition compulsion operates as an attempt to elaborate the trauma of loss, through the repetition of the experiences of loss and through dreams. Dreams seem to recover trauma permanently in an attempt at unconscious psychic elaboration of non-symbolized elements. Through the analysis of an autobiographical narrative almost two hundred years old, in a sense close to free association in analytical setting, it was possible to explore the mental functioning of a subject, simultaneously creative and dependent.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1117
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TeseFinalissima.pdf
  Restricted Access
Documento1.34 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.