Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1298
Título: O Papel da Inflexibilidade Psicológica na Relação entre o Stress Relacionado com a Infertilidade e os Sintomas Depressivos em Mulheres com um Diagnóstico de Infertilidade
Autores: Cardoso, Beatriz Maia
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Infertilidade - Infertility
Inflexibilidade psicológica - Psychological inflexibility
Stress - Stress
Estudo transversal descritivo - Descriptive cross-sectional study
Depressão - Depression
Data: 2021
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: A infertilidade é uma condição médica e social com impacto na vida das pessoas nomeadamente a nível conjugal, familiar, social e financeiro. Desta forma, vários estudos apontam para uma comorbilidade entre a psicopatologia e a infertilidade, sendo que quem passa por este processo pode utilizar formas de regulação emocional desadaptativas, traduzidas em inflexibilidade psicológica. Objetivos: O presente estudo pretendeu explorar o papel mediador da inflexibilidade psicológica relacionada com a infertilidade, na relação entre o stress relacionado com a infertilidade e os sintomas depressivos, em mulheres com um diagnóstico de infertilidade a realizar tratamento médico. De acrescentar como objetivo secundário, a exploração de associações entre os anos de diagnóstico e as variáveis em estudo. Metodologia: Conduziu-se um estudo transversal numa amostra de 96 mulheres recrutadas com o apoio da Associação Portuguesa de Fertilidade. As participantes preencheram um conjunto de instrumentos de autorresposta online, tendo sido recolhida informação sociodemográfica e clínica, bem como relativa à avaliação dos níveis de sintomas depressivos, stress relacionado com a infertilidade e inflexibilidade psicológica relacionada com a infertilidade. Resultados: Os resultados obtidos demonstraram que o efeito total da variável stress relacionado com a infertilidade sobre os sintomas depressivos foi totalmente mediado pela inflexibilidade psicológica relacionada com a infertilidade. Não se observou a existência de associação entre a variável clínica anos de diagnóstico e as demais variáveis em estudo. Discussão: A dificuldade no alcance de uma gravidez é um acontecimento de vida doloroso e que interfere nos objetivos e planos de construção de uma família, que pode originar stress e sintomas depressivos, sendo a relação entre estes sintomas influenciada pelo mecanismo de inflexibilidade psicológica. Neste sentido, intervenções como a Terapia da Aceitação e Compromisso e o Programa Baseado no Mindfulness para a Infertilidade, ao integrarem como alvo a inflexibilidade psicológica, podem ser particularmente indicadas para esta população. / Introduction: Infertility is a medical and social condition that impacts people’s lives at the marital, family, social and financial levels. Several studies point to comorbidity between psychopathology and infertility, and people facing the demands of infertility may use maladaptive mechanisms of emotion regulation translated into psychological inflexibility. Objectives: This current study aimed to explore the mediating role of infertility-related psychological inflexibility in the relationship between infertility-related stress and depressive symptoms in women presenting an infertility diagnosis and pursuing infertility medical treatment. In addition, as a secondary aim, the associations between the time since diagnosis and the study variables were examined. Methods: A cross-sectional study was conducted on a sample of 96 women recruited with the support of the Portuguese Fertility Association. Participants filled in online a set of self-report instruments. Sociodemographic and clinical data were collected, and standardized measures of infertility-related stress, depressive symptoms and infertility-related psychological inflexibility were used. Results: The results demonstrated that the effect of infertility-related stress on depressive symptoms was totally mediated by infertility-related psychological inflexibility. No significant association was found between the clinical variable time since diagnosis and the study variables. Discussion: Difficulty in achieving a pregnancy is a painful life event that interferes with the goals and plans for building a family, which can lead to stress and depressive symptoms, and the relationship between these symptoms seems to be influenced by the mechanism of infertility-related psychological inflexibility. Therefore, interventions such as Acceptance and Commitment Therapy and the Mindfulness-Based Program for Infertility, by integrating psychological inflexibility as a therapeutic target, may be particularly suitable for this population.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1298
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Beatriz Cardoso.pdfDocumento546.46 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.