Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1334
Título: Desenvolvimento de uma versão exploratória do Questionário de Atitudes em Relação à População em Situação de Sem-Abrigo: Estudo da estrutura fatorial e características psicométricas
Outros títulos: Development of an exploratory version of the Attitudes Towards People in a Homeless Situation Questionnaire: Factor structure and psychometric properties study
Autores: Cardoso, Andreia
Galhardo, Ana
Massano-Cardoso, Ilda
Cunha, Marina
Palavras-chave: Questionário de Atitudes em Relação à População em Situação de Sem-Abrigoe Atitudes em Relação à População em Situação de Sem-Abrigo - Attitudes Towards People in a Homeless Situation Questionnaire
Atitudes - Attitudes
Sem-abrigo - Homeless
Estrutura fatorial - Factor structure
Características psicométricas - Psychometric characteristics
Data: mai-2021
Editora: Departamento de Investigação & Desenvolvimento do Instituto Superior Miguel Torga
Citação: Cardoso, A., Galhardo, A., Massano-Cardoso, I., & Cunha, M. (2021). Desenvolvimento de uma versão exploratória do Questionário de Atitudes em Relação à População em Situação de Sem-Abrigo: Estudo da estrutura fatorial e características psicométricas. Revista Portuguesa De Investigação Comportamental E Social, 7(1), 66–83. https://doi.org/10.31211/rpics.2021.7.1.209
Relatório da Série N.º: 6;
Resumo: Objetivo: Face à escassez de medidas breves que contemplem as três componentes atitudinais (cognitiva, comportamental e emocional) em relação à população em situação de sem-abrigo, o presente estudo teve como objetivo nuclear o desenvolvimento e estudo da versão exploratória de um questionário de atitudes relativamente a esta população. Métodos: A amostra foi constituída por 361 participantes da população geral. Os participantes responderam online a um conjunto de instrumentos de autorresposta, incluindo o Questionário de Atitudes em Relação à População em Situação de Sem-Abrigo (QARPSSA). Resultados: Após a análise fatorial exploratória do QARPSSA, foram excluídos 15 itens, o que resultou numa versão final de 17 itens. O modelo de análise fatorial confirmatória demonstrou uma boa qualidade de ajustamento: CFI= 0,90; GFI= 0,92; RMSEA= 0,07e MECVI= 1,02. Apenas o índice de ajustamento do qui-quadrado normalizado apresentou um valor sofrível (2 /gl= 2,51). A variância extraída média foi de 0,49, valor superior ao quadrado das correlações dos fatores que variou entre 0,002 e 0,25, sendo sugestivo de validade discriminante. A análise da fidedignidade, através do cálculo do alfa de Cronbach, revelou um valor de 0,77 e através do cálculo da fiabilidade compósita de 0,91.Conclusões: Esta versão exploratória do QARPSSA revelou ser válida e fidedigna para a avaliação das atitudes em relação à população em situação de sem-abrigo, podendo ser usada em vários contextos.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1334
ISSN: 2183-4938
Aparece nas colecções:Publicações Científicas Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
209-Texto Artigo-1830-2-10-20210531.pdfDocumento536.84 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.