Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1358
Título: O impacto dos media no medo de contrair COVID-19
Outros títulos: The impact of the media on the fear of contracting COVID-19
Autores: Figueiredo, Sofia
Massano-Cardoso, Ilda
Palavras-chave: Covid-19 - Covid-19
Medo - Fear
Impacto - Impact
Media - Media
Data: 30-nov-2021
Editora: Departamento de Investigação & Desenvolvimento do Instituto Superior Miguel Torga
Citação: Figueiredo, S., & Massano-Cardoso, I. (2021). O impacto dos media no medo de contrair COVID-19. Revista Portuguesa De Investigação Comportamental E Social, 7(2), 89–102. https://doi.org/10.31211/rpics.2021.7.2.225
Relatório da Série N.º: 7;
Resumo: Objetivo: Pretendeu avaliar-se o impacto dos media no medo de contrair COVID-19. A confiança na informação associada a cada meio de comunicação, apreensão relativamente à divulgação diária das estatísticas, apreensão sentida com as medidas de prevenção e advertências veiculadas pelos meios de comunicação social, frequência de consumo de notícias, avaliação dos media na clarificação e informação sobre a pandemia e o medo de contrair a doença foram o foco deste estudo. Métodos: Amostra constituída por 349 indivíduos que completaram um Questionário Sociodemográfico, um Questionário de Opinião sobre os Media e o Fear of Contracting Covid Scale 19 (FCCS) através de uma plataforma online. Resultados: O medo de contrair COVID-19 foi superior nas mulheres em relação aos homens. Os participantes com mais medo de contrair a doença foram os que mais confiaram na informação da televisão, jornais e rádio, mas não das redes sociais. Scores mais elevados na FCCS corresponderam a valores mais elevados na clarificação e informação transmitida pelos media. A apreensão sentida com a divulgação diária de novos casos e novas medidas de prevenção/advertências pelos media, frequência de consumo de notícias, e avaliação dos media na clarificação e informação foram preditores do medo de contrair COVID-19. Conclusões: Os media demonstraram ser fundamentais na consciencialização e sensibilização da população. / Objective: The current study sought to assess the mass media impact on the fear of contracting COVID-19. We focused on people's trust in information associated with media type, worry regarding daily reports of statistics, concerns about prevention measures and warnings in the media, news consumption frequency, evaluation of the media in explaining and informing about the pandemic, and the fear of contracting the disease. Methods: The sample comprised 349 participants who completed online a Sociodemographic Questionnaire, a Mass Media Opinion Questionnaire, and the Fear of Contracting Covid-19 Scale (FCCS). Results: Fear of contracting COVID-19 was higher in women compared to men. Participants with higher fear of contracting the disease trusted more in the information provided by television, newspapers, and radio, but not social media. Higher scores on the FCCS were associated with higher scores on clarification, awareness, and information conveyed by media. Feelings regarding daily reports of COVID-19 and concerns about prevention measures and warnings in the media, news frequency consumption, and media evaluation in explaining and informing about the pandemic were predictors of fear of contracting COVID-19. Conclusions: Mass media proved to be fundamental in raising awareness and sensitization of the population.
URI: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1358
ISSN: 2183-4938
Aparece nas colecções:Publicações Científicas C e T

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
225-Texto Artigo-2127-1-10-20211128.pdfDocumento1.16 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.