Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/201
Título: As Perdas na Toxicodependência
Autores: Fernandes, Sandra Filipa Alexandre Louro
Queirós, Maria José (Orientadora)
Palavras-chave: Serviço Social, Toxicodependência
Data: 2007
Editora: ISMT
Resumo: A toxicodependência tem sido, desde há décadas, um dos mais graves problemas sociais, apesar dos múltiplos esforços – entre os quais se pretendeu integrar a presente investigação – tendentes a reverter a situação. Defendendo a centralidade na pessoa como a abordagem mais correcta e eficaz, baseámos o nosso estudo nas perdas decorrentes do consumo de drogas. Pretendeu-se identificar e analisar as perdas no indivíduo, no seu meio social, assim como, compreender a percepção das perdas e o seu impacto na motivação para o tratamento. Ainda como objectivo, mas secundário, o estudo pretendeu identificar o papel do Assistente Social na reinserção social do toxicodependente no contexto da equipa multidisciplinar. Seguindo uma lógica abdutiva e tomando em consideração que a escolha do campo empírico incidisse num observatório capaz de responder às exigências da investigação, estudámos os percursos de vida de seis residentes da Comunidade Terapêutica Nova Fronteira e de quatro indivíduos frequentadores do grupo de auto-ajuda Narcóticos Anónimos, aos quais efectuámos entrevistas semi-estruturadas e de tipo compreensivo. Para complementar os dados recolhidos, entrevistámos duas técnicas especialistas no tratamento de toxicodependentes. Os resultados obtidos permitem afirmar que os toxicodependentes em recuperação conseguem percepcionar algumas das perdas sofridas. Concluímos, também, que o toxicodependente só encontra motivação para o tratamento quando a consciência da(s) perda(s) sofrida(s) é de tal maneira dolorosa que não lhe deixa alternativas. Relativamente à dimensão da reinserção social, os dados recolhidos não permitem tirar conclusões definitivas. Apenas que, no ciclo vicioso do tratamento/recaída, o processo de reinserção se apresenta descontínuo e fragmentado.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/201
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado em Serviço Social

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese mestrado 2.pdfElementos pré-textuais318.82 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
TESE MESTRADO.pdfDocumento principal891.72 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
RESUMO.pdfResumo101.67 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.