Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/238
Título: A Crítica Realista de Danilo Zolo ao Pacifismo Institucional Cosmopolita
Autores: Barata, Maria João
Palavras-chave: Cosmopolitismo
Realismo político
Guerra
Paz
Data: 2008
Editora: Interacções
Resumo: Neste ensaio são analisados os principais traços da crítica de Danilo Zolo ao paradigma cosmopolita, em especial nas suas abordagens ética e jurídica, no contexto do debate sobre as condições institucionais para a paz, bem como a sua própria proposta de um pacifismo ‘fraco’. A sua profunda descrença nas virtualidades de qualquer engenharia institucional para a prossecução da paz, a denúncia crítica do irrealismo, da perversidade moral e da virtualidade tirânica de todas as propostas que admitem o recurso à violência física para instaurar a paz e o facto de não acreditar na ‘paz perpétua’ dentro de um horizonte temporal razoável, vão, paradoxalmente e não obstante todo o realismo da sua visão do mundo, aproximar Zolo do pacifismo absoluto da não-violência.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/238
Aparece nas colecções:Publicações Científicas em Sociologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Barata 2008 A Crítica Realista de Danilo Zolo ao Pacifismo Institucional Cosmopolita.pdf84.57 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.