-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/114
Título: Contribuição para a Validação do IQCODE - Informant Questionnaire on Cognitive Decline in the Elderly
Autores: Gomes, Joana Santos
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Palavras-chave: Declínio Cognitivo Leve, Relato do Informante, IQCODE; Validação
Data: 2012
Editora: ISMT
Resumo: O Questionário para Informantes sobre Declínio Cognitivo em Idosos - IQCODE é uma importante ferramenta no rastreio do diagnóstico da demência. Baseado no relato do informante, é um instrumento de aplicação breve e tem como objectivo principal, avaliar o declínio cognitivo comparando o estado actual do idoso com o apresentado há 10 anos atrás. Objectivo: Contribuição para a validação do IQCODE através da análise da relação entre o IQCODE, MMSE e MoCA; apresentação das suas propriedades psicométricas (fidedignidade e validade convergente); conhecer a gravidade do declínio e a prevalência de idosos com DCL possível através do IQCODE e comparar com as prevalências determinadas pelo MMSE e pelo MoCA. Metodologia: Foi utilizada uma amostra de conveniência de 63 idosos e aplicada uma bateria de testes (MMSE, MOCA e IQCODE). Na caracterização da amostra foi efectuada a estatística descritiva, com cálculo das médias e desvios-padrão. Para o estudo da fidedignidade, foi calculado o alfa de Cronbach e o coeficiente de correlação item-total para verificar a consistência interna do IQCODE. A validade convergente foi determinada pelo r de Pearson entre as pontuações do IQCODE, MMSE e MoCA. Para determinar a gravidade do declínio medida pelos três instrumentos, foi usado o teste t para uma amostra. No estudo das prevalências de tipos de declínio medidas pelo IQCODE, foi calculado o Qui-Quadrado da aderência. Resultados: O IQCODE apresentou uma boa fidedignidade com um alfa de Cronbach de 0,98 e a consistência interna não aumenta se se remover um dos itens. Observou-se que não há correlação significativa entre o IQCODE, o MoCA e o MMSE, não garantindo a validade convergente. Conclusão: A análise dos resultados atestou que este instrumento é válido e confiável, fornecendo dados quantitativos que contribuem para a validação do IQCODE. Como tal, o IQCODE deve ser usado como um complemento no diagnóstico do declínio cognitivo.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/114
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE - IQCODE - Joana Santos Gomes.pdf827.01 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.