-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/129
Título: Suporte Social, Sintomas de Ansiedade e Depressão e Satisfação com a Vida em Idosos sob Resposta Social
Autores: Pardal, Alexandra
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Esmeralda Macedo (orientadora)
Palavras-chave: Suporte social - Social support, Ansiedade - Anxiety, Depressão - Depression, Satisfação com a vida - Life satisfaction, Terceira idade - Third age
Data: 2011
Editora: ISMT
Resumo: A investigação tem mostrado a importância do suporte social sobre a saúde mental, mas esse estudo não foi ainda feito em Portugal com idosos. Assim, é nosso objectivo estudar a relação entre a percepção do suporte social, a satisfação com a vida, os sintomas ansiosos e os sintomas depressivos. Recolhemos uma amostra composta por 46 sujeitos idosos, com idades compreendidas entre os 65 e os 95 anos. Utilizámos o Geriatric Anxiety Inventory (GAI) e Geriatric Depression Scale (GDS) para avaliação, respectivamente, da sintomatologia ansiosa e depressiva. Para avaliação do suporte social, utilizámos o Older Americans Resources and Services Program (OARS) que avalia os recursos sociais, e para avaliação da satisfação com a vida o Satisfaction With Life Scale (SWLS). Verificámos que 91,3% dos sujeitos eram analfabetos ou com escolaridade baixa e que apenas 4 (8,7%) tinham estudado para além do 4º ano. Os idosos revelaram médias elevadas de sintomatologia ansiosa, e depressiva, e de insatisfação. Em relação à percepção de suporte social, os idosos revelam elevada insatisfação essencialmente com a extensão do contacto com os outros e a disponibilidade de ajuda. Verificámos ainda que percepção de Suporte Social se relaciona com a Saúde Mental e o Bem-estar, pelo que é importante pensar-se em estratégias que promovam a integração desta população na vida social. Fomentar o convívio multigeracional afigura-se como uma solução. / Research has shown the importance of social support on mental health, however, this investigation has not been done yet in elder population. It is so our aim to study the relationship between perceived social support, satisfaction with life, anxiety symptoms and depressive symptoms. We collect a sample of 46 subject aged between 65 and 95 years old. We used the Geriatric Anxiety Inventory (GAI) and Geriatric Depression Scale (GDS) to assess anxious and depressive symptoms. To assess social support we use the Older Americans Resources and Services Program (OARS), which evaluate the social resources, and to assess the life satisfaction we use the Satisfaction With Life Scale (SWLS). We found that 91.3% of subjects were illiterate or with low education and only 4 (8.7%) had studied beyond the fourth grade. The elders showed higher average symptoms of anxiety and depression, and dissatisfaction. Regarding the perception of social support, the elderly essentially reveal high dissatisfaction with the extent of contact with others and the availability of help. We also found that perceived social support is related to the Mental Health and Well-being, it is so important to think in strategies that promote the integration of elder population in social life. The promotion of multigenerational intercourse seems to be a solution.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/129
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AlexandraPardal7166_TesedeMestrado.pdf532.96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.