Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/149
Título: Arteterapia em Idosos: efeitos nas funções cognitivas
Autores: Lopes, Tânia de Jesus Bailão
Martins, Rosa Maria (Orientadora)
Palavras-chave: Idoso - Elder; Arteterapia - Art Therapy; Funções cognitivas - Cognitive functions
Data: 2011
Editora: ISMT
Resumo: Enquadramento: O envelhecimento abarca muitas transformações, desencadeando variadas mudanças do organismo, nomeadamente problemas cognitivos. A intervenção através da Arteterapia tem-se revelado eficaz na conservação do funcionamento das funções cognitivas dos idosos, sendo este um tema de extrema importância na manutenção da sua qualidade de vida. Objectivos: Identificar características sócio-demográficas da amostra; verificar se a Intervenção de arteterapia produz efeitos nas funções cognitivas dos idosos; verificar se estes efeitos correspondem a melhorias nas funções cognitivas. Métodos: A investigação adoptada é do tipo qualitativo, quase-experimental, (ensaio de Campo) sem grupo de controlo, que decorreu durante 3 meses (de Fevereiro a Abril de 2011), com sessões de 2 horas, três vezes por semana. Participaram no estudo 6 idosos institucionalizados, do sexo feminino com uma média de idades de 85 anos. Foi aplicado um questionário caracterizador da amostra, o Mini-Mental State Examination (MMSE) (adaptado à população portuguesa) para a avaliação das funções cognitivas gerais, assim como o Teste da Figura Complexa de Rey, para avaliação da percepção visual e memória. Resultados: Existe uma melhoria em todos os itens avaliados, quando comparados os resultados pré-teste e pós-teste. Em suma, verificamos que a média de respostas correctas em todos os testes aplicados, antes da intervenção foi de 52,9% e após a intervenção foi de 69,8%. Desta forma apuramos um aumento global de 16,9% de respostas correctas, após a intervenção Arteterapeutica. O item onde os participantes demonstraram maiores dificuldades no momento anterior à intervenção, foi no exercício de reprodução de memória na Figura complexa de Rey, e na Atenção e Calculo e na Habilidade Construtiva (MMSE). No entanto, após a intervenção, as maiores subidas verificadas foram precisamente nestes dois últimos itens mencionados (30% e 33,3%, respectivamente). / Background: The aging encompasses many changes, triggering the body's various changes, including cognitive problems. Intervention through Art Therapy has proved effective in preserving the functioning of the cognitive functions of elderly people, and this is an issue of utmost importance in maintaining their quality of life. Objectives: To identify socio-demographic characteristics of the sample, verify that the art therapy intervention effect on cognitive function of older persons; verify that these effects correspond to improvements in cognitive functions. Methods: The research adopted is a qualitative, quasi-experimental (test field) with no control group, which ran for three months (February to April 2011), with sessions of two hours, three times a week. This study analyzed six institutionalized elderly female with a mean age of 85 years. A questionnaire was given characterization of the sample, the Mini-Mental State Examination (MMSE) (adapted to the Portuguese population) for the assessment of general cognitive function, as well as the Test of Rey Complex Figure, for evaluation of visual perception and memory. Results: The analysis of the results allows us to verify that there is an improvement in all evaluated items, when comparing pretest and posttest. In summary, we found that the average of correct answers in all tests, before the intervention was 52.9% and after the intervention was 69.8%, verifying an overall increase of 16.9% of correct answers, after the intervention. The item where participants demonstrated greater difficulties at the moment before the intervention was playing in the exercise of memory in the Rey Complex Figure, and attention and calculation ability and Constructive (MMSE). However, after the intervention, the highest increases were observed especially in these last two items mentioned (30% and 33.3% respectively).
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/149
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Arteterapia em idosos_ efeitos nas funções cognitivas.pdfDocumenro principal1.14 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
Anexo I.pdfAnexo I410.36 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
Anexo II.pdfAnexo II427.82 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
Anexo III.pdfAnexo III3.69 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.