-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/269
Título: Inflexibilidade Psicológica
Autores: Santos, Ana Marta Barreirinhas
Cunha, Marina (Orientadora)
Palavras-chave: Inflexibilidade psicológica - Psychological inflexibility
Fusão cognitiva - Fusion
Evitamento experiencial - Avoidance
Adolescentes - Teens
Terapia de Aceitação e Compromisso (Mindfulness) - Acceptance and Commitment Therapy (Mindfulness)
Data: 2010
Editora: ISMT
Resumo: O presente trabalho, destinou-se à validação do Avoidance and Fusion Questionnaire for Youth - AFQ- Y( Greco, Baer, & Lambert, 2008), traduzido por Questionário de Evitamento Experiencial e Fusão Cognitiva para Adolescentes. Isto porque, na prática clínica, se verifica uma escassez de instrumentos de auto-resposta que avaliam estes contructos, caracterizadores da inflexibilidade psicológica. A amostra do nosso estudo consiste em 461 adolescentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos, a frequentar o 3º ciclo do ensino básio e ensino secundário de escolas situadas em meio rural e urbano. Para além do citado instrumento a validar, os jovens preencheram também outras medidas de sintomas psicopatológicos e de percepção do seu auto-conceito social; nomeadamente, o Inventário Depressivo para Crianças (CDI; Kovacs, 1985), a Escala Revista de Ansiedade Manifesta para Crianças (RCMAS; Reynolds & Richmond, 1978) e a Escala de Comparação Social (SCS; Allan, & Gilbert, 1995), bem como uma medida de um construto semelhante referente à aceitação e mindfulness em crianças(CAMM; Greco, Baer & Lambert, 2008). Os resultados obtidos mostram que o questionário possui uma boa consistência interna, uma adequada estabilidade temporal, assim como uma boa validade. Sugerem ainda tratar-se de uma escala unidimensional. Estes dados permitem o avanço da psicologia, no que diz respeito à prática clínica com adolescentes, nomeadamente no domínio das chamadas terapias de terceira geração em Portugal. São apresentados e discutidos os dados normativos para a população portuguesa. Não obstante às limitações apontadas, os resultados sugerem que o AFQ-Y é um questionário útil na avaliação da inflexibilidade psicológica em adolescentes. /
This work was intended to validate the Avoidance and Fusion Questionnaire for Youth AFQ-Y (Greco, Baer, & Lambert, 2008), translated by Questionário de Evitamento Experiencial e Fusão Cognitiva para Adolescentes. Because, in clinical practice, there is a shortage of instruments for self-assessing this contruct response, characterizing the psychological inflexibility. In our study the sample consists of 461 adolescents, aged between 12 and 18 years, to attend the 3rd cycle of basic education and secondary education schools in village and urban areas. Apart from that instrument to validate young people also completed other measures of psychopathology and perception of their social self-concept, namely that the Children's Depression Inventory (CDI, Kovacs, 1985), Revised Children´s Manifest Anxiety Scale(RCMAS, Reynolds & Richmond, 1978) and the Scale of Social Comparison(SCS; Allan & Gilbert, 1995) as well as a measure of a construct similar regarding the Children´s Acceptance and Mindfulness Measure (CAMM; Greco, Baer & Lambert, 2008). The results show that the questionnaire has good internal consistency, adequate time stability and a good validity. They also suggest that this is a one-dimensional scale. These data allow the advancement of psychology in relation to clinical practice with adolescents, particularly in the area of so-called third-generation therapies in Portugal. Are presented and discussed the normative data for the Portuguese population. Despite the limitations mentioned, the results suggest that the FQA-Y is a questionnaire useful in assessing the psychological inflexibility in adolescents.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/269
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa Tese.pdfCapa141.82 kBAdobe PDFVer/Abrir
folha de rosto, dedicatória, agradecimentos e resumo da Tese.pdfInicio59.79 kBAdobe PDFVer/Abrir
Corpo da Tese.pdfDocumento principal1.05 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.