-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/504
Título: A Avaliação Psicodiagnóstica em Crianças com Dificuldades Escolares: um estudo de caso
Autores: Figo, Cátia Francisca da Costa
Farate, Carlos (Orientador)
Lemos, Laura (Coorientadora)
Palavras-chave: Avaliação psicodiagnóstica - Psycodiagnostic evaluation
Dificuldades de rendimento escolar - Difficulties of apprenticeship
Conduta escolar - School behavior
Período de latência - Latency period
Data: 2015
Editora: ISMT
Resumo: O contributo da psicologia clínica estende-se às mais variadas áreas e a adaptação social e académica às atividades escolares não é exceção. Referimo-nos a problemas comportamentais, dificuldades de rendimento escolar, desregulação sócio-emocional e alterações do relacionamento interpessoal entre pares e com professores, funcionários e/ou pais. Foi objetivo deste estudo verificar o que diferencia, do ponto de vista psicológico, as crianças escolarizadas no primeiro ciclo que apresentam dificuldades de aprendizagem, as que exibem perturbação do comportamento e as que apresentam dificuldades de aprendizagem e simultaneamente algum tipo de perturbação do comportamento, avaliando nomeadamente três características estruturais entre os três grupos: autoestima, elaboração da posição depressiva e o funcionamento psíquico segundo o vértex edipiano. A avaliação destas variáveis foi realizada através de grelhas de análise do material recolhido no decorrer das sessões de avaliação. Dos 9 sujeitos que participaram no estudo, 44,4% (n = 4) são raparigas, com idades compreendidas entre os 6 e os 8 anos (M = 7,5; DP = 1). Os rapazes representam 55,6% (n = 5) do total da amostra, com idades entre os 6 e os 7 anos (M = 6,20; DP = 0,45). Os instrumentos utilizados nesta investigação foram os seguintes: o Desenho da Família, a Escala de Inteligência de Wechsler para Crianças III (WISC-III), o Teste de Aperceção Temática para Crianças (CAT) e, para uma melhor compreensão e discussão dos resultados destas provas, consultámos a Entrevista Clínica/Anamnese realizada no início da avaliação de cada participante, destacando os seus aspetos mais notórios. Este estudo permitiu verificar que não existem diferenças significativas entre os grupos no que respeita às dimensões em análise. No entanto, foi possível identificar o impacto que a realidade material e afetiva imediata, ou seja, a realidade familiar e escolar, têm sobre a dinâmica psíquica das crianças e as suas consequências sobre os processos de aprendizagem e a conduta escolar das crianças do estudo, em período de latência. / Clinical psychology’s contribution extends to various areas and the social and academic adjustment to school activities is no exception. We refer to behavioral problems, difficulties in school achievement, social-emotional deregulation and changes in interpersonal relationships among peers and with teachers, staff and/or parents. The aim of this study was to verify what differentiates, from the psychological point of view, elementary school children with learning difficulties, those that exhibit conduct disorder and those with learning difficulties and simultaneously some form of conduct disorder, assessing three structural characteristics between the three groups: self-esteem, development of the depressive position and the psychic functioning according to the Oedipal vertex. The evaluation of these variables were conducted through analysis grids of the material collected in the course of the evaluation sessions. Of the 9 subjects who participated in the study, 44.4% (n = 4) are girls, aged 6 to 8 years (M = 7.5, SD = 1). The boys represent 55.6% (n = 5) of the total sample, aged 6 to 7 years (M = 6.20, SD = 0.45). The instruments used in this research were: “Draw your family”, Wechsler Intelligence Scale for Children III (WISC-III), Thematic Apperception Test for Children (CAT) and, to a better understanding and discussion of these tests’ results, we consulted the Clinical Interview/Anamnese held at the start of the evaluation of each participant, highlighting its most notorious aspects. This study showed no significant differences between the groups with regard to the dimensions under consideration. However, it was possible to identify the impact that material and affective immediate reality, ie the family and school reality, have on the psychodynamics of children and their impacts on the learning process and school behavior of this study’s children, in the latency period.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/504
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia



Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.