Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/520
Título: O Uso da Internet, o Bullying, o Cyberbullying e o Suporte Social em jovens do 3º Ciclo – Um Estudo não Experimental Correlacional realizado numa Escola Portuguesa.
Autores: Garcia, Ana Rita Marques
Arriaga, Sofia (Orientadora)
Amaral, Inês (Orientadora)
Palavras-chave: Bullying - Bullying
Cyberbullying - Cyberbullying
Suporte Social - Social Support
Data: 2016
Editora: ISMT
Resumo: O bullying, visto como “um comportamento consciente, intencional, deliberado, hostil e sistemático, de uma ou mais pessoas, cuja intenção é ferir os outros” (Souza, Simão & Caetano, 2014, pg. 582) existe desde sempre, embora seja considerado recente o seu estudo, enquanto fenómeno com grande impacto, principalmente na vida das crianças e jovens. E as novas tecnologias trouxeram uma nova dimensão ao bullying tradicional – o cyberbullying - ou seja, a violência perpetrada através da internet. Havendo um vínculo estreito entre os dois conceitos, e estando tão presentes na sociedade contemporânea, principalmente entre os adolescentes, sentimos necessidade de desenvolver uma investigação mais profunda sobre esta temática. Optámos assim por correlacionar o bullying, com o cyberbullying, com o apoio social e ainda com o isolamento, porque é relevante e urgente compreender a ligação entre estes fenómenos. Procurámos então saber se na sociedade atual, os jovens que se sentem mais satisfeitos com o apoio que recebem dos outros, estão menos sujeitos ao bullying/cyberbullying (quer seja como vítimas ou como agressores) e se há também alguma relação com o isolamento, dado que esta geração parece mais afastada das relações offline, entre outros fatores devido ao tempo que passam na internet. Neste sentido, o nosso interesse final está na prevenção e intervenção com os jovens e com as relações interpessoais que vivenciam. O estudo incidiu sobre alunos do 3º ciclo de uma escola portuguesa, tendo uma amostra de 145 alunos, com uma idade média de 13,52 anos. Os instrumentos utilizados para a recolha de dados consistiram num Questionário Sociodemográfico, no EVAE - Escala de vitimização e agressão escolar (Cunha,S.M-s/d); no CQ_A-Questionário Cyberbullying (Calvete, Orue, Estevez, Villardón, & Padilla, 2009 - cuja versão portuguesa foi traduzida e adaptada por Pinto e Cunha, em 2011); na ESSS- Escala da Satisfação com o Suporte Social (Ribeiro, J., 1999) e um Questionário sobre a utilização da internet, criado por nós. Concluímos sumariamente que, nos resultados obtidos, não se confirmaram diferenças estatisticamente significativas na EVAE, CBQ E CBQ-V. No entanto, verificámos diferenças estatisticamente significativas na ESSS, mais concretamente nas dimensões da Satisfação com a Família, na Intimidade e na Atividade Social. / Bullying is seen as “a conscious, intentional, hostile and systematic behaviour, from one or more people, with harmful intent towards others” (Souza, Simão & Caetano, 2014, p. 582). Even though its study is considered recent, bullying as a phenomenon of great impact particularly in the lives of children and juveniles has always existed. Additionally, the new technologies have brought a new dimension to the traditional bullying – cyberbullying – i.e. violence attained through the Internet. There is a close relation between these two concepts and being so prevalent in present-day society, especially amongst adolescents, we have identified a need to develop a more in depth research on this subject. We correlate bullying, cyberbullying, social support and isolation aiming to understand the relevant and crucial connections between these occurrences. We then inquired if in nowadays society the youths who feel more fulfilled with the support they receive from others, are less exposed to bullying/cyberbullying (either as victims or aggressors) and if there is any correlation with isolation, as this generation appears more absent of offline relationships, due, among other factors, to the time they expended on the Internet. Our ultimate goal lies in the prevention and intervention with the youths and with the interpersonal relationships they experience. The study focused on students from the 3rd cycle of basic education from a Portuguese school, with a sample of 145 students with a mean age of 13.52 years old. The data was collected using tools such as a Sociodemographic Questioner, a scholar victimization and aggression scale: EVAE (Cunha,S.M-s/d), a Cyberbullying Questioner: CQ_A-Questionário Cyberbullying (Calvete, Orue, Estevez, Villardón, & Padilla, 2009 – Portuguese version translated and adapted by Pinto e Cunha, in 2011), a scale of social support satisfaction: ESS (Ribeiro, J., 1999) and an internet usage Questioner developed by us. In summary, we concluded that the acquired results do not confirm statically significant differences between EVAE, CBQ and CBQ-V. However, statistical differences were observed in ESSS, more specifically in areas of Family Satisfaction, Intimacy and Social Activity.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/520
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Rita.pdf1.91 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
Apêndice.pdf517.46 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.