-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/548
Título: Música, Dança, Mindfulness e Inflexibilidade Psicológica
Autores: Serrano, Telmo Renato Marrazes
Espirito-Santo, Helena (Orientadora)
Palavras-chave: Música - Music
Ballet - Ballet
Mindfulness - Mindfulness
Evitamento experiencial - Experiential avoidance
Fusão cognitiva - Cognitive fusion
Data: 2015
Editora: ISMT
Resumo: Contexto. Vários estudos sugerem que o treino musical e a dança possuem o potencial para modificar positivamente algumas capacidades cognitivas, despertar emoções, e até alterar a morfologia do cérebro. A prática de mindfulness, por sua vez, também já mostrou evidências de que altera morfologicamente várias regiões cerebrais. Acresce que algumas dessas regiões são igualmente afetadas pela música e pela dança. Objetivo. Desta forma, procurámos verificar se existe uma relação entre o treino de música/dança, competências de mindfulness, e os níveis de fusão cognitiva e evitamento experiencial (componentes inerentes ao mindfulness). Métodos. Este estudo envolveu 113 crianças e adolescentes entre os 9 e os 16 anos de idade, 64,6% do sexo feminino. Trinta e nove sujeitos usufruíram de treino musical, 33 tiveram treino de dança (ballet) e os restantes (n = 41) não tiveram qualquer tipo de treino. Os dados foram recolhidos através da Child and Adolescent Mindfulness Measure (CAMM) para as competências de mindfulness, e do Avoidance and Fusion Questionnaire for Youth (AFQ-Y) para os níveis de evitamento experiencial e fusão cognitiva. Resultados. Os três grupos não se distinguiram nas pontuações do CAMM [F(110) = 0,41; p = 0,67; n2 = 0,01], mas foram diferentes no AFQ-Y [F(110) = 3,14; p = 0,047; n2 = 0,05]. Os meses de treino musical e os meses de dança não se correlacionaram com o CAMM. Os meses de treino musical não se correlacionaram com o AFQ-Y em contraste com os meses de dança (r = 0,21; p = 0,027). Discussão/conclusão. Estes achados sugerem a existência de uma variável desconhecida que poderá influenciar a forma como os jovens praticantes de dança (ballet) contactam com a experiência do momento presente, evitando esse mesmo contacto. Assim sendo, futuros estudos que insiram a temática da dança aliada ao mindfulness devem controlar outras variáveis, como por exemplo, o tipo de dança, práticas alimentares, traços de personalidade, nível de ansiedade, tipos de família, estilos parentais, ou o grau de exigência e tipo de treino. / Background. Several studies suggest that musical and dance training have the potential to positively modify some cognitive abilities, evoke emotions, and even change the brain’s morphology. The practice of mindfulness has also shown evidences of morphological changes in various brain regions. Moreover, some of these regions are equally affected by music and dance. Objective. Therefore, we tried to discover if there is a relationship between music/dance training, mindfulness skills, and the levels of cognitive fusion and experiential avoidance (inherent components of mindfulness). Methods. This study involved 113 children and adolescents with ages between 9 to 16 years old, where 64.6% were of the feminine gender. Thirty-nine subjects had musical training; 33 had dance training (ballet), and the rest (n = 41) didn’t have any training. The data were collected from the Child and Adolescent Mindfulness Measure (CAMM) for the mindfulness skills, and through Avoidance and Fusion Questionnaire for Youth (AFQ-Y) for the levels of experiential avoidance and cognitive fusion. Results. The three groups didn’t stand out in CAMM scores [F(110) = 0.41; p = 0.67; n2= 0.01], but showed different results in the AFQ-Y [F(110) = 3.14; p = 0.047; n2 = 0.05]. The months of musical and dance training didn’t correlate with CAMM. The months of musical training didn’t correlate with AFQ-Y in contrast with the months of dance training (r = 0.21; p = 0.027). Discussion/conclusion. These findings suggest the existence of an unknown variable that can influence how the young dance practitioners (ballet) contact with the experience of the present moment, avoiding that contact. Therefore, future studies that link the dance training with mindfulness measurements should control other variables, such as the type of dancing, eating habits, personality traits, anxiety level, family types, parenting styles, or the type of training and its demands.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/548
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado - Telmo Serrano - nº 8437.pdf430.93 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos da dissertação de mestrado - Telmo Serrano - nº 8437.pdf558.81 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.