-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/565
Título: Caraterização da Utilização do Facebook pelos Adolescentes e Relação com a Qualidade de Vida e Memórias Precoces de Calor e Segurança Relativas ao Grupo de Pares
Autores: Reis, Tânia Patrícia de Almeida
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Adolescentes - Adolescents
Facebook - Facebook
Memórias emocionais de calor e segurança - Early memories of warmth and safeness
Qualidade de vida - Quality of life
Data: 2016
Editora: ISMT
Resumo: Objetivo: O Facebook é a maior rede social em todo o mundo e cada vez mais os seus usuários são jovens adolescentes que despendem diariamente do seu tempo a comunicar e a navegar nesta rede social. O presente trabalho aborda a utilização que os adolescentes fazem do Facebook, numa amostra de jovens estudantes, explorando a associação ao nível da sua qualidade de vida e das memórias de calor e afeto relativas ao seu grupo de pares. Método: A amostra é composta por 141 adolescentes (77 rapazes e 64 raparigas) de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 15 e os 23 anos a frequentar escolas profissionais e que preencheram voluntariamente um questionário sociodemográfico, de caraterização da utilização da rede social Facebook, e dois instrumentos para avaliação da qualidade de vida em adolescentes e das memórias de calor e segurança no grupo de pares. Resultados: A maioria dos participantes expressou ter conta no Facebook (n = 137; 97,2 %), com 94 (66,7 %) a referir ter conta ativa entre pelo menos três a seis anos. A maioria revelou navegar mais de cinco vezes por dia (67,4 %) no Facebook, numa média diária de uma a três horas (77,3 %). Entre as atividades possíveis de realizar através do Facebook, a mais frequente foi o envio de mensagens (61,7 %) e 58,2 % revelou não procurar novas amizades através desta rede social. Os rapazes mostraram ter valores mais elevados no domínio da qualidade de vida individual do que as raparigas (M = 76,10, DP = 15,71 vs. M = 69,87, DP = 15,25). Adolescentes que passam entre uma a três horas diárias no Facebook revelaram valores superiores de memórias precoces de calor e segurança, que os que passam menos de uma hora diária neste rede social. As memórias emocionais de calor e segurança correlacionaram-se positivamente com todas as dimensões da qualidade de vida. Conclusão: O estudo revela que o uso da rede social Facebook pelos adolescentes associa-se positivamente com as memórias precoces de calor e segurança. Futuras pesquisas poderão explorar os principais motivos para o uso do Facebook pelos adolescentes como, por exemplo, a manutenção de amizades passadas e o contato com familiares ou o contacto com os pares existentes atualmente na sua vida. Será importante, também, analisar se o uso desta rede social se associa a diferentes traços de personalidade ou psicopatologia. / Objective: Facebook is the world´s largest social network and there seems to be an increase in its use by adolescentes who spend a significant amount of time communicating and navigating in this social network. The current study addresses the use of Facebook by adolescentes, in a sample of high school students, exploring the association between Facebook use and quality of life and memories of warmth and safeness within their peer group. Method: The sample consists of 141 adolescents (77 boys and 64 girls) aged between 15 and 23 years old attending vocational schools and who voluntarily completed a sociodemographic questionnaire and a questionnaire addressing characteristics of Facebook use as well as two other instruments for the assessment of quality of life in adolescentes, and of memories of warmth and safeness within their peer group. Results: The majority of participants had a Facebook account (n = 137; 97,2 %), with 94 (66,7%) referring to have an active account since three to six years ago. Most adolescents in our sample navigate on Facebook more than five times per day (67,4%), with a daily mean of one to three hours (77,3%). Regarding activities in Facebook, the most frequent one was sending messages (61,7%). Seeking new friendships through this social network was not a major aim for these adolescents (58,2%). Boys showed higher scores in the domain of quality of individual life when compared to girls (M = 76,10, SD = 15,71 vs. M = 69,87, SD = 15,25). Adolescents who spend between one and three hours a day on Facebook showed higher scores on memories of warmth and safeness when compared to those who spend less than one daily hour in this social network. Conclusion: The study reveals that the use of Facebook social network is associated with positive early memories of warmth and safeness in adolescence. Future research should explore the main reasons for the use of Facebook by adolescentes, for exemple, maintenance of past friendships and contact with family or friends. It is also important to consider whether the use of this social network is associated with different personality traits or psychopathology. Keywords: ; ;
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/565
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese - Tânia Reis.pdf832.45 kBAdobe PDFVer/Abrir
Tese - Anexos - Tânia Reis.pdf678.26 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.