-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/567
Título: MindfulSpot: Desenvolvimento e estudo de eficácia de uma aplicação móvel de mindfulness para a infertilidade
Autores: Monteiro, Bárbara Serenela Dias
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Infertilidade - Infertility
Mindfulness - Mindfulness
E-mental health - E-mental health
MindfulSpot - MindfulSpot
Data: 2016
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: O mindfulness constitui-se como uma prática eficaz para lidar emocionalmente com a infertilidade, como demonstra o estudo de eficácia do Programa Baseado no Mindfulness para a Infertilidade (PBMI). O PBMI revelou resultados ao nível da redução de sintomas psicopatológicos e do aumento das competências de mindfulness e da perceção de autoeficácia para lidar com a infertilidade. Assim, tendo como base o PBMI, e revelando-se a e-mental health uma alternativa crescente na criação de ferramentas na área da psicologia, com inúmeras vantagens, procurou-se desenvolver uma aplicação móvel (app) de mindfulness para a infertilidade. Objetivos: O objectivo principal desta investigação consiste no desenvolvimento e estudo de eficácia de uma aplicação móvel baseada no mindfulness. Metodologia: Numa primeira fase procedeu-se ao desenvolvimento da app em colaboração como uma equipa de informática responsável pela programação da mesma. Após a criação da MindfulSpot, 73 sujeitos preencheram um conjunto de questionários online, incluindo medidas de stress relacionado com a infertilidade, sintomas emocionais negativos e autoeficácia para lidar com a infertilidade. O estudo seguiu um desenho longitudinal composto por dois momentos de avaliação intervalados 4 semanas. Os sujeitos foram distribuídos aleatoriamente pelo grupo experimental, que teve acesso à MinsfulSpot, e grupo de controlo. O estudo final foi conduzido numa amostra de 15 sujeitos, face à taxa de dropout observada. Resultados: A eficácia da MindfulSpot não foi suportada pelos dados recolhidos, no entanto, é importante referir existirem alterações ao nível da perceção de autoeficácia para lidar com a infertilidade, bem como uma diminuição estatisticamente significativa nas medidas de ansiedade e de stress no grupo que usou a MindfulSpot. Discussão: A MindfulSpot em si e o próprio estudo de eficácia apresentaram limitações que poderão justificar a taxa de dropout verificada, bem como os dados obtidos. Questões como o período de recolha de dados, a limitação de tempo para a construção da app, inexistência de contacto pessoal com os participantes para apresentação da aplicação e questões informáticas e de design poderão ter comprometido a eficácia da MindfulSpot. No entanto, e sendo esta app pioneira na simultaneidade da abordagem dos conceitos de mindfulness e infertilidade sugere-se uma melhoria da mesma e posterior estudo de eficácia para uma maior expressão de resultados. Apesar de figurar um protótipo, a MindfulSpot poderá ser um passo importante para o desenvolvimento da e-mental health dirigida a pessoas com problemas de infertilidade. / Introduction: Mindfulness is established as an effective practice for the improvement of psychological adjustment in people dealing with infertility, as demonstrated in the efficacy study of the Mindfulness Based Program for Infertility (MBPI). The MBPI revealed results in the decrease of psychopathological symptoms and increase of mindfulness skills and self-efficacy to deal with infertility. Thus, based on the MBPI, and considering that e-mental health is a growing alternative in the development of psychological tools, with several advantages, a mindfulness mobile application (app) targeting people facing fertility problems was develop. Objectives: The aim of the current study is to develop and conduct an efficacy study of a mindfulness based mobile application for infertility. Methods: In a first step the app was developed in collaboration with a computer specialist’s team responsible for programming the app. After creating the MindfulSpot, 73 subjects completed a set of online questionnaires, including infertility-related stress, depression, anxiety and stress and infertility self-efficacy. The study followed a longitudinal design consisting of two assessment stages with a 4-weeks interval. Participants were randomly assigned to the experimental group, which had access to MinsfulSpot, and the control group. The final study was conducted on a sample of 15 subjects, due to the observed dropout rate. Results: The efficacy of MindfulSpot was not supported by our data, however, it should be noted that participants in the MindfulSpot group increased their perception of self-efficacy to deal with infertility and also showed a significant decrease in anxiety and stress symptoms. Discussion: The MindfulSpot itself and its efficacy study show limitations that may justify the dropout rate and the results. Topics such as the time limits for developing the app the data collection period, the absence of personal contact with the participants to introduce the app and computing and design problems may have compromised the efficacy of MindfulSpot. However, to our knowledge, this is the first mindfulness app approaching the concepts of mindfulness and infertility altogether and future studies may include its improvement and subsequent efficacy study for a greater expression of results. While appearing a prototype, the MindfulSpot can be seen as an important step for the development of e-mental health targeting people with fertility problems.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/567
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado_Barbara Monteiro.pdf803.04 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos_dissertação_Bárbara Monteiro.pdf11.68 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.