-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/593
Título: Validação da FACES IV: o funcionamento da família em diferentes etapas do ciclo vital
Autores: Silva, Maria Inês Mesquita Costa e
Sequeira, Joana (Orientadora)
Palavras-chave: Validação FACES IV - FACES IV Validation
Funcionamento Familiar - Family Funtioning
Ciclo Vital da Família - Family Life Cycle
Data: 2015
Editora: ISMT
Resumo: Objetivos: 1) traduzir e validar a Escala de Avaliação da Flexibilidade e Coesão Familiar – Versão IV (FACES IV) para a população portuguesa; 2) analisar as diferenças na perceção dos sujeitos acerca do funcionamento da sua família, em cada uma das etapas do ciclo vital. Participantes: Trezentas e oitenta e sete (387) famílias, num total de 1089 sujeitos com idades superiores a 12 anos, recrutados por conveniência a partir do método de bola de neve. Instrumentos: Escala de Avaliação da Flexibilidade e Coesão Familiar – Versão IV (FACES IV), Escala Familiar de Autorresposta – Versão II (SFI), Escala de APGAR Familiar e a Escala de Ajustamento Diádico (RDAS). Resultados: A tradução da FACES IV apresentou uma boa capacidade de corretamente avaliar as famílias funcionais e uma mediana capacidade de avaliar as famílias disfuncionais, face à necessidade de uma mais completa e posterior adequação das subescalas Emaranhada e Rígida para a cultura portuguesa. Foram encontradas diferenças significativas no funcionamento das famílias em diferentes etapas do ciclo vital, nomeadamente nas dimensões da coesão familiar, liderança, saúde/competência, comunicação e expressividade emocional. A coesão nas famílias diminuía ao longo do ciclo vital, apresentando valores mais altos na etapa de família com filhos na escola e mais baixos na etapa de família com filhos adolescentes e família com filhos adultos. A liderança na etapa de formação do casal era significativamente mais baixa do que nas etapas de família com filhos na escola e família com filhos adolescentes. As famílias demonstraram possuir uma maior capacidade de competência e saúde na etapa de família com filhos na escola do que na etapa de formação do casal. A comunicação e expressividade emocional na família diminuíam ao longo do ciclo vital, com valores significativamente mais altos para a etapa de família com filhos na escola e mais baixos nas etapas de família com filhos adolescentes e família com filhos adultos. / Objectives: 1) translate and validate the Family Adaptability and Cohesion Evaluation Scale – version IV (FACES IV) for the Portuguese population. 2) analyse differences in individual’s perception of family functioning, in different stages of the family life cycle. Participants: Three hundred and eighty seven (387) families, in a total of 1089 individuals with ages higher than 12, recruited by convenience using the snowball method. Instruments: the Family Adaptability and Cohesion Evaluation Scale – version IV (FACES IV), Self-Report Family Inventory – Version II (SFI-II), Family APGAR and the Revised Dyadic Adjustment Scale (RDAS). Results: The FACES IV translation proved to be very capable of assessing functional families and somewhat capable of assessing dysfunctional families, giving the need of a further and more complete adaptation of the Enmeshed and Rigid subscales to Portuguese culture. Significant differences in family functioning, within different stages of the family life cycle, were found, namely in family cohesion, leadership, health/competence, communication and emotional expressiveness. Cohesion in families decreased along the family life cycle, showing higher values in the family with children in school stage and lower values in the family with adolescent children and family with adult children stages. Leadership proved to be significantly lower in the couple formation stage than the family with children and school and family with adolescent children stages. Families showed a higher competence and health when in the stage of family with children in school compared to the couple formation stage. Quality of communication and emotional expressiveness decreased along the family life cycle, with values significantly higher for families with children in school and lower for families with adolescent children and adult children.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/593
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado.pdf608.19 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos da Tese.pdf1.01 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.