Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/599
Título: Núcleo Psicótico numa Psicose em Potencial Complexo de Mãe Morta e Psicose Branca: um estudo de caso
Autores: Neves, António Rafael Rodriguez Agostinho
Vicente, Henrique (Orientador)
Alves, Maria Alice de Melo (Coorientadora)
Palavras-chave: Psicose branca - Blank psychosis
Complexo de mãe morta - Dead mother complex
Núcleo psicótico - Psychotic kernel
Data: 2014
Editora: ISMT
Resumo: Este estudo teve como objetivo principal explorar dois conceitos importantes na teoria do psicanalista francês André Green: complexo de mãe morta e psicose branca. A decatexia provocada pelo afastamento emocional materno (complexo de mãe morta), induz um vazio interior (angústia branca). Esta sensação de vazio, de paragem, uma depressão sem afetos e a alucinação negativa, são manifestações da psicose branca (estrutura matriz onde se observa o núcleo da psicose sem que esta necessariamente se manifeste). O método utilizado foi o estudo de caso, de um sujeito do sexo masculino em regime de internamento. Os instrumentos de avaliação incluem a técnica projetiva de Rorschach (aplicada no início e no final do internamento) e o Thematic Apperception Test (aplicado no início do internamento). Através do material colhido em contexto de acompanhamento individual e das técnicas projetivas observaram-se pontos de contacto entre o conceito de psicose branca de Green, falso self de Winnicott e as personalidades “as if” de Helene Deutsch. A morte metafórica da mãe, o seu afastamento emocional, poderá estar na origem destas perturbações, onde se observa o núcleo da psicose. Nestas situações clínicas, em que o vazio interno predomina, a prática psicoterapêutica requer um posicionamento particular do clínico, que não deve estar nem muito próximo (sentido como intrusivo) nem muito distante (sentido como abandónico) do seu paciente. / This work had the purpose of exploring two important concepts in the theory of the French psychoanalyst André Green: the dead mother complex and the blank psychosis. The decathexis caused by a maternal emotional withdrawal (dead mother complex) induces an internal void (blank anguish). This feeling of emptiness, stoppage, a depression without affects and the negative hallucination are manifestations of blank psychosis (a matrix structure where one can observe the psychotic kernel, even though without having a manifest psychosis). The applied method was the case study, with a young male institutionalized subject, and to support it we used the Thematic Apperception Test (applied in the early phases of treatment) and the Rorschach projective technique (applied at the beginning and ending of the treatment). Through the data collected in the therapeutic sessions and the projective techniques applied, we observed points of contact between blank psychosis, Winnicott`s False Self and Helene Deutsch “as if” personalities. The mother’s metaphorical death, her emotional withdrawal, could be in the genesis of these disturbances, where we can observe the psychotic kernel. When we are dealing with this kind of patient, where the internal void prevails, the psychotherapeutic technique requires a special positioning from the therapist in relation to the patient, that shouldn’t be too close (experienced as intrusive), nor too distant (experienced with feelings of abandonment).
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/599
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_António Neves_2014.pdf1.6 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.