-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/674
Título: A Relação entre os Sintomas Emocionais Negativos, a Perceção de Autoeficácia para Lidar com a Infertilidade e o Stresse Relacionado com a Infertilidade
Autores: Santos, Denise Marlene Dias
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Infertilidade - Infertility
Ansiedade - Anxiety
Autoeficácia - Self-efficacy
Depressão - Depression
Stresse - Stress
Data: 2016
Editora: ISMT
Resumo: Embora a parentalidade seja considerada um dos principais objetivos de vida de muitos casais, nem sempre é concretizada devido a problemas de infertilidade. A infertilidade é atualmente considerada um problema de saúde pública que tem implicações a nível social e psicológico e que afeta cerca de 10 a 15% da população mundial e 9% a 10% da população portuguesa. Para além disso, trata-se de uma condição que tende a apresentar consequências psicológicas, induzindo stresse e acarretando sofrimento psicológico. Neste contexto, e uma vez que a investigação acerca dos aspetos psicológicos inerentes à infertilidade em Portugal é ainda escassa, a nossa investigação procurou explorar a relação entre os sintomas emocionais negativos (ansiedade, depressão e stresse), a perceção de autoeficácia para lidar com a infertilidade e o stresse relacionado com a infertilidade. Para o efeito, procedemos à administração de um conjunto de instrumentos de autorrelato com o intuito de avaliar sintomas emocionais negativos, perceção de autoeficácia para lidar com a infertilidade e stresse relacionado com a infertilidade, numa amostra constituída por 98 indivíduos com o diagnóstico de infertilidade a realizar tratamento médico. Com base na análise efectuada foi possível averiguar que a perceção de autoeficácia para lidar com a infertilidade e os sintomas depressivos são preditores significativos do stresse relacionado com a infertilidade, contrariamente à ansiedade e ao stresse que não se mostraram preditores expressivos. De forma global, os resultados indicam que, ao nível da intervenção psicológica direccionada a estes pacientes, a diminuição dos sintomas depressivos e o desenvolvimento de competências para lidar com a infertilidade devem ser considerados objetivos fundamentais, de modo a que seja exequível uma redução do stresse relacionado com a infertilidade. / Although parenting is considered a major life goal for most couples, it is not always achieved due to fertility problems. Infertility is currently considered a public health problem, showing social and psychological implications and affecting about 10 to 15% of the world population and 9% to 10% of the Portuguese population. It is also a health condition that involves psychological consequences, such as stress and psychological suffering. In this context and given that research targeting psychological aspects involved in infertility in Portugal is scarce, our study aims to explore the relationship between negative emotional symptoms (anxiety, depression and stress), the perception of self-efficacy to deal with infertility and infertility-related stress. For this purpose, we applied a set of self-report instruments assessing negative emotional symptoms, infertility self-efficacy and infertility-related stress, in a samples of 98 individuals diagnosed with infertility who were pursuing medical treatment. Results showed that the perception of self-efficacy to deal with infertility and depressive symptoms are significant predictors of infertility-related stress, contrary to anxiety and stress that were not significant predictors. Globally, our findings indicate that the reduction of depressive symptoms and the development of skills to deal with infertility should be considered fundamental goals in psychological interventions targeting people facing fertility issues in order to address and decrease infertility-related stress.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/674
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese Denise.pdf627.95 kBAdobe PDFVer/Abrir
3. Anexos & Apêndices.pdf852.73 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.