-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/711
Título: O Papel Mediador da Vergonha Externa na Relação entre o Impacto da Infertilidade sobre os Domínios da Vida, as Representações acerca da Parentalidade e os Sintomas de Depressão
Autores: Ribeiro, Rui Miguel Videira Ribeiro e
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Infertilidade - Infertility
Depressão - Depression
Vergonha externa - External shame
Impacto sobre os domínios da vida - Impact in life
Representações parentais - Representations of parenthood
Data: 2016
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: A infertilidade é uma condição que afeta em Portugal 9% da população, e está apontada em diversas investigações como causadora de diversas consequências psicológicas, entre as quais a depressão. São diversas as causas que podem levar a estes sintomas depressivos, como o impacto da infertilidade nos domínios da vida, sejam estes sociais, sexuais ou no relacionamento do casal, ou importância da parentalidade para o individuo. De referir também que a vergonha externa tem vindo a ser associada a sintomas psicopatológicos, como a depressão, quer na população geral, quer em indivíduos com infertilidade. Objetivos: O presente estudo pretendeu explorar o eventual papel mediador da vergonha externa, na relação entre o impacto da infertilidade sobre os domínios da vida, as representações acerca da parentalidade, e os sintomas depressivos em pessoas com infertilidade a realizar tratamento médico. Metodologia: A amostra foi constituída por 98 indivíduos (96 mulheres e 2 homens) com diagnóstico de infertilidade, a serem medicamente acompanhados em relação a esta condição e com uma média de idades de 36 anos. Os participantes preencheram online um questionário sociodemográfico e clínico, e medidas estandardizadas de stress relacionado com a infertilidade, vergonha externa e depressão. Resultados: Os resultados obtidos indicam que o impacto da infertilidade sobre os domínios da vida e as representações acerca da parentalidade se correlacionam de forma positiva, e estatisticamente significativa com a vergonha externa, e, embora se verifique um efeito direto do impacto nos domínios da vida na depressão, verifica-se também um efeito indireto, mediado pela vergonha externa. Foi observado ainda um efeito direto das representações acerca da importância da parentalidade sobre os sintomas depressivos. Discussão: O presente estudo permitiu observar que embora se comprove o papel mediador da vergonha externa, na relação entre o impacto da infertilidade sobre os domínios da vida, e os sintomas de depressão, o mesmo papel não se verifica na relação entre as representações acerca da parentalidade e os sintomas de depressão, comprovando-se apenas uma relação direta. Assim, é salientada a importância de avaliar estas variáveis em pessoas com infertilidade de modo a otimizar a intervenção psicológica preconizada. / Introduction: Infertility affects 9% of the Portuguese population, and encompasses several psychological consequences, including depression. There are several aspects that can lead to these depressive symptoms, such as the impact of infertility in infertile patients’ life, whether social, sexual or couple relationship, as well as the importance of parenthood to the individuals. It should also be noted that external shame has been associated with psychopathological symptoms such as depression, both in the general population and in individuals dealing with fertility problems. Objectives: This study aimed to explore the possible mediating role of external shame in the relationship of the impact of infertility in infertile patients’ life, the representations of parenthood, and the depressive symptoms in people with infertility pursuing medical treatment. Methodology: The sample consisted of 98 subjects (96 women and 2 men) diagnosed with infertility, being medically assisted, with a mean age of 36 years. The participants filled in an online sociodemographic and clinical questionnaire and standardized measures of stress-related infertility, external shame and depression. Results: The results show that the impact of infertility in infertile patients’ life and representations about parenthood, correlate positively with external shame, and, although there is a direct effect of the impact of infertility in infertile patients’ life with depression, there is also an indirect effect mediated by external shame. A direct effect of representations about the importance of parenthood on depressive symptoms was also found. Discussion: This study allowed us to observe that although there is a mediating role of external shame, in the relationship between the impact of infertility in infertile patients’ life, and depressive symptoms, this do not happen in the relationship between the representations of parenthood and symptoms of depression. Thus, it is emphasized the importance of assessing these variables in people struggling with infertility in order to optimize psychological intervention targeting these patients.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/711
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Rui_Ribeiro_final.pdf217.76 kBAdobe PDFVer/Abrir    Request a copy
Apêndices e Anexos_tese_Rui_Ribeiro_final.pdf535.03 kBAdobe PDFVer/Abrir    Request a copy


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.