-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/763
Título: Avaliação da Sintomatologia Obsessivo-Compulsiva: desenvolvimento da versão reduzida do Inventário de Pádua
Autores: Santos, Diana Patrícia Pereira
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Inventário de Pádua - Padua Inventory
Versão reduzida - Short version
Sintomas obsessivo- compulsivos - Obsessive-compulsive symptoms
Estrutura fatorial - Factorial structure
Data: 2017
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: O Inventário de Pádua (IP) é um instrumento de autorresposta, constituído por 60 itens, que avaliam sintomatologia obsessivo-compulsiva. Dado que é um instrumento extenso e tendo em conta que a sua versão original já foi alvo de três revisões e que os resultados alcançados foram considerados satisfatórios procurou-se desenvolver e estudar uma versão portuguesa reduzida do IP. Objetivos: O presente estudo teve como objetivo desenvolver uma versão reduzida (IP-R), estudar a sua estrutura fatorial e as respetivas características psicométricas. Metodologia: Numa primeira etapa e recorrendo à amostra do estudo original da versão portuguesa, procedeu-se à eliminação de itens com base nos critérios psicométricos habitualmente usados para este efeito e na análise de componentes principais. Nesta sequência foi alcançada uma versão do IP-R composta por 22 itens, distribuídos por 5 subescalas: 1- Dúvida, 2- Pensamento mágico, 3- Sujidade/Contaminação/Lavagem, 4- Verificação repetida e 5- Necessidade de ordem/simetria. Numa segunda etapa e recorrendo a uma amostra de 338 sujeitos da população geral, efetuou-se a análise fatorial confirmatória do modelo de 5 fatores do IPR, tendo sido excluído mais um item. Resultados: A análise fatorial confirmatória da versão de 21 itens agrupados em 5 fatores demonstrou uma boa qualidade de ajustamento deste modelo. Foi também observada a existência de uma correlação forte entre o IP-R e o IP. No que diz respeito à consistência interna, calculada através do alpha de Cronbach e da Fiabilidade Compósita, esta revelou-se excelente. A análise da fidedignidade teste-reteste apontou uma estabilidade temporal apropriada. Quanto à validade convergente o IP-R apresenta uma correlação forte com o Inventário Obsessivo de Coimbra, que também avalia sintomatologia obsessivo- compulsiva. Relativamente à validade divergente, o IP-R revelou correlações moderadas com as Escalas de Ansiedade, Depressão e Stress. Discussão: O IP-R revelou ser uma medida de autorresposta válida e fidedigna para avaliação de sintomas obsessivo-compulsivos, tendo a vantagem, por comparação com a sua versão mais longa, de ser de rápida administração, o que lhe confere utilidade, quer no âmbito da investigação, quer da clínica. / Introduction: The Padua Inventory (PI) is a 60-item self-report instrument aimed at assessing obsessive-compulsive symptomatology. Considering that it is an extensive instrument and taking into account that its original version has already been the subject of three reviews and that the results achieved were considered satisfactory, we sought to develop and study a reduced Portuguese version of PI. Objectives: The current study aimed to develop a short version (PI-R), study its factorial structure and analyze its psychometric characteristics. Methods: In a first step and using the PI Portuguese version study sample, items were removed based on psychometric criteria usually used for this purpose and on principal component analysis. A 22 items version of the PI-R was obtained, encompassing 5 subscales: 1- Doubt, 2- Magical thinking, 3- Dirt/Contamination/Washing, 4- Repeated checking and 5- Need for order/ symmetry. In a second step and using a sample of 338 subjects from the general population, the factorial analysis of the 5-factor model of the PI-R was confirmed, and one more item was excluded. Results: The confirmatory factorial analysis of the 21-item version grouped into 5 factors demonstrated a good fit quality this model presents. A strong correlation between the PI-R and the PI was also found. A strong correlation between the PI-R and the PI was also found. Cronbach's alpha and composite reliability proved to be excellent. Test-retest reliability showed appropriate temporal stability. As for the convergent validity the PI-R presented a strong correlation with the Coimbra Obsessive Inventory, also assessing obsessive-compulsive symptoms. Concerning divergent validity, the PI-R revealed moderate correlations with the Anxiety, Depression and Stress Scales. Discussion: The PI-R showed to be a valid and reliable self-report measure for the assessment of obsessive-compulsive symptoms, having the advantage, when compared to its longer version, of being fast administered, being useful for research and clinical settings.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/763
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado_Diana Santos_2017.pdf5.54 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos e Apêndices_Dissertação de Mestrado_Diana Santos_2017.pdf178.31 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.