-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/796
Título: Validação da Versão Portuguesa da Center for Epidemiologic Studies Depression Scale for Children (CES-DC)
Outros títulos: Validation of a Portuguese Version of the Center for Epidemiologic Studies Depression Scale for Children (CESDC)
Autores: Carvalho, Camila
Cunha, Marina
Cherpe, Sónia
Galhardo, Ana
Couto, Margarida
Palavras-chave: Adolescentes - Adolescents
Avaliação - Assessment
CES-­‐DC - CES-­‐DC
Depressão - Depression
Estudo instrumental - Instrumental study
Data: Abr-2015
Editora: Departamento de Investigação & Desenvolvimento
Citação: Carvalho, C., Cunha, M., Cherpe, S., Galhardo, A., & Couto, M. (2015). Validação da versão portuguesa da Center for Epidemiologic Studies Depression Scale for Children (CES-DC) [Validation of the Portuguese version of the Center for Epidemiologic Studies Depression Scale for Children (CES-DC)]. Revista Portuguesa de Investigação Comportamental e Social (Portuguese Journal of Behavioral and Social Research), 1, 46-57. doi: http://dx.doi.org/10.7342/ismt.rpics.2015.1.2.23
Resumo: Introdução. A Depressão na infância e adolescência, tal como na população adulta, é uma das perturbações mentais mais comuns. Uma vez que o seu aparecimento nesta faixa etária conduz a graves consequências na idade adulta, é fundamental identificar os sintomas depressivos precocemente. Desta forma, os instrumentos de autorrelato têm um papel fundamental, uma vez que permitem com facilidade, de forma fidedigna e válida, ter acesso a formas de pensar, sentir e agir dos sujeitos. Objetivo. Traduzir, adaptar e validar a Center for Epidemiological Studies Depression Scale for Children (CES-DC) (Weissman, Orvash & Padian, 1980) para avaliação dos adolescentes portugueses. Método. A amostra é constituída por 417 adolescentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos (M =15.20, DP = 1.72) a frequentar o 3º ciclo do ensino básio e ensino secundário. Para o estudo da validade convergente e divergente da CES-DC, foram utilizadas as versões portuguesas das Depression Anxiety Stress Scales (DASS 21) (Pais-Ribeiro, Honrado & Leal, 2004), do Children's Depresssion Inventory (CID) (Marujo, 1994) e da Students' Life Satisfaction Scale (SLSS) (Marques, Pais-Ribeiro & Lopez, 2007) que avaliam, respetivamente, os estados emocionais negativos (depressão, ansiedade e stress), a sintomatologia depressiva e a satisfação global com a vida. A CES-DC foi traduzida e adaptada para Português seguindo o método de tradução e retroversão, tendo em conta a equivalência linguística e semântica (International Test Commission, 2010). Resultados. Os dados obtidos mostram que a escala possui uma excelente consistência interna (α =.90) e uma boa estabilidade temporal para um intervalo de 3 semanas (r(81) =.72). A análise fatorial exploratória apontou a solução de tês fatores (fator humor, fator interpessoal e fator felicidade) que explicam 54% da variância. A CES-DC apresenta uma associação positiva e elevada com as escalas que avaliam sintomas depressivos, corroborando a sua validade convergente. Por sua vez, tal como esperado, apresenta uma associação moderada e negativa com a satisfação global com a vida. O género e a idade mostraram influenciar os valores médios dos sintomas depressivos. As raparigas exibem valores mais elevados de sintomatologia depressiva, comparativamente aos rapazes. O grupo dos mais novos (12-14 anos) revela menor sintomatologia quando comparado com os outros grupos de idade. Discussão. Os resultados relativos às características psicométricas da versão portuguesa foram ligeiramente superiores aos dos estudos da versão original (Faulstich et al.,1986) e das versões chinesa e Africana (Li et al., 2010; Betancourt et al., 2012). Relativamente à dimensionalidade, os nossos resultados estão em consonância com os da versão original onde foram igualmente apurados 3 fatores a explicar 44 % da variância total. Quanto aos resultados em função do género e idade, estes são apoiados por uma vasta literatura que aponta no mesmo sentido. Conclusão. Não obstante poderem ser apontadas algumas limitações ao presente estudo, os resultados confirmam a adequação e robustez da CES-DC na população portuguesa, sugerindo, constituir um questionário útil na avaliação de sintomas depressivos nos adolescentes. / Aims: Depression is one of the most common mental disorders in children, and in adolescents, as in adults. Once its occurrence during childhood and adolescence leads to serious consequences in adulthood, its early detection is an important goal. Self-report instruments have a key role on accessing thoughts, feelings and behaviors in an easily, reliably and validly way. The aim of the current study is to assess psychometric properties (reliability and validity) of the Portuguese translation of the Center for Epidemiological Studies-Depression Scale for Children (CES-DC). Methods: A school-based sample of 417 adolescents aged 12–18 years (M = 15,20, SD = 1,72) was involved in this study. Translation and Back Translation was made. To study convergent and divergent validity there were used the Portuguese versions of the Depression Anxiety Stress Scales (DASS 21), of the Children's Depression Inventory (CDI), and of the Students' Life Satisfaction Scale (SLSS) which measure, respectively, negative emotional states (depression, anxiety and stress), depressive symptoms and global life satisfaction. Results: Factor analysis revealed three factors (mood, interpersonal relationships and happiness) that explain 54% of the variance. The results show that the scale has an excellent internal consistency (α = 0,90), good temporal stability (r = 0,72) as an adequate convergent and divergent validity. Results showed that depressive symptoms varied in function of age and gender. Conclusions: The results of the present study provide initial adequate validity and reliability of the CES-DC. Nevertheless some limitations to this study, the results suggest that CES-DC can be a useful questionnaire in the assessment of depressive symptoms in Portuguese adolescents.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/796
ISSN: 2183-4938
Aparece nas colecções:Publicações Científicas Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
23-103-1-PB.pdf260.33 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.