-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/807
Título: Estilos Educativos Parentais: percepções de mães e filhos em idade escolar
Autores: Eugénio, Mariana Ribeiro Riais
Farate, Carlos (Orientador)
Simões, Sónia (Coorientadora)
Palavras-chave: Estilos educativos parentais - Parenting rearing styles
Crianças em idade escolar - School-aged children
EMBU-C e EMBU-P - EMBU-C and EMBU-P
Data: 2011
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: Os estilos educativos parentais compreendem as interacções entre os pais e a criança. Estas interacções traduzem a atitude dos pais em relação aos seus filhos em áreas como o apoio, controlo, modelação e pedagogia cívica (regras, normas de condutas). Desta forma, a qualidade do estilo educativo parental é fundamental para o desenvolvimento harmonioso da criança. Objectivo: O objectivo deste estudo foi comparar as percepções das mães e filhos em idade escolar relativamente aos estilos educativos parentais. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, cuja amostra é composta por 93 crianças em idade escolar (6-10 anos) e as respectivas mães, que responderam aos seguintes instrumentos: Questionário sócio-demográfico; EMBU-C e EMBU-P. As crianças frequentavam quatro escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho de Coimbra. Resultados: Os resultados revelam uma concordância das percepções de mães e filhos relativamente à dimensão tentativa de controlo, avaliadas pelo EMBU-C e EMBU-P (ρ = .220; p < 0.05) e divergência de percepções entre mães e filhos nas dimensões afectivas avaliadas pelos mesmos instrumentos (suporte emocional e rejeição). Foram também observadas diferenças significativas na percepção da criança sobre os estilos educativos da mãe e do pai, tendo sido percepcionado um maior suporte emocional (Z = 2.544; p = .011) e uma maior tentativa de controlo (Z = -5.526; p = .000) por parte da mãe comparativamente ao pai. Conclusão: Este estudo sugere que a tentativa de controlo se trata da única dimensão em que existe conformidade entre a percepção da mãe e da criança. Esta constatação poderá dever-se ao facto desta dimensão ter um carácter mais instrumental e menos subjectivo em comparação às dimensões afectivas (suporte emocional e rejeição). / Introduction: Parenting rearing styles include educational interactions between parents and child. These interactions reflect the attitude of parents towards their children in areas such as support, monitoring, modeling and civic education (rules, standards of conduct). Thus, the quality of parental rearing style is essential for the harmonious development of the child. Objective: The purpose of this study was to compare the perceptions of mothers and of school aged children in relation to parental rearing style. Methods: This is a cross-sectional study, whose sample consists of 93 school-age children (6-10 years) and their mothers, who answered the following: sociodemographic questionnaire; EMBU-C and EMBU-P. The children attended four schools of the 1st Cycle of Basic Education in the Municipality of Coimbra. Results: The results show a concordance of perceptions of mothers and children relative to the s attempt to control dimension evaluated by the EMBU-C and EMBU-P (ρ =. 220, p < 0.05) and differences in perceptions between mothers and children in emotional dimensions assessed by the same instruments (emotional support and rejection). There were also significant differences in the child's perception of parental rearing style of the mother and father, having been perceived a greater emotional support (Z = 2544, p =. 011) and a greater attempt to control (Z = - 5,526, p = .000) by the mother compared to father. Conclusion: This study suggests that the attempt to control is the only dimension where there is conformity between the perception of the mother and child. This finding may be due to the fact, that this dimension has a more instrumental character and less subjective compared to affective dimensions (emotional support and rejection).
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/807
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mariana Eugénio PDF .pdf1.82 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.