-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/862
Título: Questionário de Aceitação e Ação para Professores: desenvolvimento da versão portuguesa, estudo da estrutura fatorial e propriedades psicométricas
Autores: Carvalho, Bruna Andreia Fernandes
Galhardo, Ana (Orientadora)
Palavras-chave: Evitamento experiencial - Experiential avoidance
Regulação emocional - Emotional regulation
Propriedades psicométricas - Psychometric properties
Análise fatorial confirmatória - Confirmatory factor analysis
Data: 2018
Editora: ISMT
Resumo: Introdução: A inflexibilidade psicológica é caracterizada pelo evitamento experiencial de acontecimento privados como pensamentos, sentimentos, sensações corporais. Com o intuito de avaliar o evitamento experiencial foi desenvolvido o Questionário de Ação e Aceitação - II (AAQ-II). A avaliação deste construto tem vindo a ser estendida a condições mais específicas, não só no âmbito da saúde, mas também em relação ao trabalho. Neste contexto, foi elaborado o Teachers Acceptance and Action Questionnaire (TAAQ), o qual diz respeito especificamente ao evitamento experiencial relacionado com a atividade docente. Assim, o TAAQ destina-se a avaliar o evitamento experiencial associado a aspetos específicos da profissão de professor. Objetivos: O presente trabalho teve como objetivo o desenvolvimento da versão portuguesa do Teachers Acceptance and Action Questionnaire (TAAQ-PT), explorando a sua estrutura fatorial e propriedades psicométricas numa amostra de professores portugueses dos 1º, 2º e 3º ciclos e ensino secundário. Método: Uma amostra de 304 professores, 256 mulheres (84.2%) e 48 homens (15.8%), a lecionar em escolas públicas ou privadas ou desempregados completaram um questionário sociodemográfico e os seguintes instrumentos foram respondidos numa plataforma online: a Escala de Ansiedade, Depressão e Stress 21 (EADS-21), a Escala de Comprometimento face ao Trabalho (ECT), o Questionário das Cinco Facetas de Mindfulness (FFMQ) e o Questionário de Aceitação e Ação para Professores (TAAQ-PT). Resultados: O TAAQ-PT demonstrou uma estrutura fatorial unidimensional, sendo que este modelo revelou valores de χ2/gl = 1.55, CFI = .99, GFI = .97, RMSEA = .043, MECVI = .321, no que diz respeito aos indicadores de ajustamento. Quanto à consistência interna, avaliada através do alfa de Cronbach, o valor encontrado para o TAAQ-PT foi de .91. Adicionalmente foi calculada a fiabilidade compósita (FC) que se revelou elevada com um valor de .95. O TAAQ-PT apresentou correlações negativas significativas com as cinco facetas de mindfulness (r = -.60; p < .01), com o comprometimento com o trabalho (r = -.62; p < .01), e correlações positivas com os sintomas emocionais negativos de depressão (r = .69; p < .01), ansiedade (r = .63; p < .01) e stress (r = .70; p < .01). Conclusão: Este estudo apresenta contributos importantes na medida em que possibilitou a disponibilidade de um instrumento de autorresposta em língua portuguesa que se revelou válido e fidedigno, podendo ser utilizado em contextos clínicos e de investigação. / Introduction: Psychological inflexibility is characterized by the experiential avoidance of private events like thoughts, feelings, body sensations. In order to assess experiential avoidance, the Action and Acceptance Questionnaire - II (AAQ-II) was developed. This construct assessment has been extended to more specific conditions, not only in health contexts, but also in relation to work settings. The Teachers Acceptance and Action Questionnaire (TAAQ) was developed in order to target experiential avoidance related to the teaching activity. Thus, the TAAQ is designed to assess experiential avoidance associated with specific aspects of the teaching profession. Objectives: The current work aimed to develop the Portuguese version of Teachers Acceptance and Action Questionnaire (TAAQ-PT), exploring its factor structure and psychometric properties in a sample of Portuguese teachers teaching in the 1st, 2nd and 3rd cycles and secondary education. Methods: A sample of 304 teachers, 256 women (84.2%) and 48 men (15.8%), teaching in public or private schools or unemployed completed a sociodemographic questionnaire and the following self-report instruments online: Depression Anxiety and Stress Scale 21 (DASS – 21), Utrecht Work Engagement Scale (UWES), Five Facet Mindfulness Questionnaire (FFMQ), and the Teachers Acceptance and Action Questionnaire (TAAQ-PT). Results: The TAAQ-PT showed a single factor structure, and this model revealed adjustment indexes as such: χ2/gl = 1.55, CFI = .99, GFI = .97, RMSEA = .043, MECVI = .321. As for internal consistency, analysed through Cronbach's alpha, the value found for the TAAQ-PT was .91. In addition, composite reliability (CR) was calculated, and a value of .95 was found. The TAAQ-PT showed significant negative correlations with the five facets of mindfulness (r = -.60; p <.01), with work engagement (r = -62, p <.01), and positive correlations with the negative emotional symptoms of depression (r = .69; p <.01), anxiety (r = .63; p <.01) and stress (r = .70; p <.01). Discussion: This study presents important contributions insofar as it made possible the availability of a self-report instrument in European Portuguese which proved to be a valid and reliable measure for the assessment of experiential avoidance in teachers and can be used in clinical and research contexts.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/862
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_BrunaCarvalho.pdf1.17 MBAdobe PDFVer/Abrir
Apêndices_pdf.pdf1.09 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.