-
Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/893
Título: O Bem - Estar Psicológico de Crianças/Adolescentes Institucionalizados
Autores: Gonçalves, Cláudia Isabel Ribeiro
Dixe, Maria dos Anjos (Orientadora)
Palavras-chave: Bem-estar psicológico - Psychological well-being
Adolescência - Adolescence
Institucionalização - Institutionalization
Data: 2013
Editora: ISMT
Resumo: Ao longo dos últimos anos muito se tem estudado sobre os jovens institucionalizados. O principal objetivo deste estudo centra-se na questão do bem-estar psicológico de crianças e adolescentes institucionalizados em lares de infância e juventude (LIJ). Neste estudo participaram 38 indivíduos, sendo 23 do sexo feminino e 15 do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 10 e os 18 anos e um nível de escolaridade entre o 3.º e o 12.º ano. Para avaliar o bem-estar psicológico em adolescentes, o instrumento colheita de dados utilizado foi um questionário constituído pela Escala de Bem-Estar Psicológico (EBEPA) de Bizarro e um conjunto de variáveis. De uma forma geral, os resultados indicam-nos que estas crianças/adolescentes têm um bom nível de bem-estar psicológico, porém vai diminuindo com o aumento da idade. Como resultados obtidos podemos ainda referir que não existem diferenças estatisticamente significativas entre o bem-estar psicológico e o sexo, contudo os rapazes apresentam média de rank superiores às raparigas em todas as áreas à exceção da Cognitiva-Emocional Positiva e no Apoio Social Nesta questão da institucionalização seria importante traçar um plano de intervenção junto destas crianças e adolescentes, tendo como objetivo o desenvolvimento das suas competências pessoais e sociais, visando a promoção da sua autonomia, potenciar a sua autoestima e prevenir futuras situações de inadaptação. / Over the last few years a lot has been studied about institutionalized adolescents. The present study aims at analyzing the psychological well-being of children and adolescents, institutionalized in residential institutions for children and young people (LIJ). This sample comprised 38 children and young people, 23 of them female and 15 male, with ages between 10 and 18 years and the 3rd and 12th grade of education. The instrument used to assess the psychological well-being of the adolescents was a questionnaire based on the Bizarro scale of valuation of psychological well-being (EBEPA) and some variables. The results obtained showed also that statistically there are no significant differences between psychological well-being and gender; however, in comparison, the boys reveal a superior average of rank in all areas with the exception of the subscales of Positive Cognitive-Emotional and Social Support. Finally, the availability of an intervention project to help these institutionalized children and adolescents would be very important, having as its principal objective the development of their social and personal skills, the promotion of their autonomy, the enhancement of their self-esteem and the prevention of future situations of maladjustment.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/893
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Bem-estar Psicologico - Tese.pdf1.51 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.