Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/895
Título: Luto na Infância pela Morte do Progenitor
Autores: Carvalho, Marisa Sofia Almeida
Vicente, Henrique (Orientador)
Palavras-chave: Luto - Mourning
Perda - Loss
Morte - Death
Infância - Childhood
Progenitor - Parent
Psicoterapia - Psychotherapy
Data: 2013
Editora: ISMT
Resumo: A presente dissertação explora, descreve e discute a vivência do luto na infância pela morte do progenitor, através de um estudo de caso clínico. Neste sentido, foram avaliadas e analisadas as vivências e manifestações relacionadas a essa perda, as suas consequências no desenvolvimento cognitivo e emocional da criança, as estratégias e mecanismos de defesa a que recorreu para enfrentar o luto, as fantasias a ele associadas, os fatores de risco (vulnerabilidade) e de proteção/suporte que dificultaram ou favoreceram a elaboração do luto, e o papel da psicoterapia no desenrolar desse processo. De acordo com a metodologia de estudo de caso, definiram-se dois momentos de avaliação onde foram tecidas comparações entre os testes projetivos aplicados. Os dados obtidos apontam para a importância de uma comunicação que tenha em conta o conceito de morte e o estádio de desenvolvimento da criança. Estes permitiram ainda suportar a hipótese de que as reações imediatas à perda e as reações futuras não são padronizadas, dependendo muito da personalidade e da idade da criança. Ao contrário do que refere a literatura, o rendimento escolar não baixou, pois parece ter sido feito um deslocamento da afetividade e um investimento nesta área. Este estudo permitiu ainda compreender o impacto do trabalho psicoterapêutico no processo de luto de uma criança, sendo este um dos fatores de suporte que favoreceu a elaboração. / This dissertation explores, describes and discusses mourning during childhood, caused by the death of a parent, through a clinical case study. The experiences and events related to this loss were evaluated and analyzed, namely, its consequences on the infant’s cognitive and emotional development, the strategies and defense mechanisms used to tackle the grief experienced, the fantasies associated, the risk (vulnerability) and protective/support factors that made the process of mourning easier or more challenging, and the role of psychotherapy in the unfolding of this process. The case study methodology included two moments of evaluation, which enabled comparisons between the results of the projective tests applied. The resulting data points to the importance of communication that takes into account the concept of death and the developmental stage of the child. The results also conferred support to the hypothesis that immediate and future reactions to the loss are not standardized, depending largely on the age and personality of the child. Contrary to what the literature refers, school performance did not decrease, due to a displacement of affection and an investment in this area. This study allowed us to understand the impact of psychotherapeutic work in the grieving process of a child, being one of the supporting factors that favored its elaboration/resolution.
URI: http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/895
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado.pdf1.25 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.