Utilize este identificador para referenciar este registo: http://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1142
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorOliveira, Sara-
dc.contributor.authorFerreira, Cláudia-
dc.date.accessioned2020-06-18T09:56:19Z-
dc.date.available2020-06-18T09:56:19Z-
dc.date.issued2018-10-01-
dc.identifier.citationOliveira, S., & Ferreira, C. (2018). Memórias das mensagens alimentares precoces transmitidas pelos cuidadores e comportamentos de ingestão alimentar compulsiva em adultos da população geral portuguesa: Estudo do papel da apreciação da imagem corporal. Revista Portuguesa De Investigação Comportamental E Social, 4(2), 33-41. https://doi.org/10.31211/rpics.2018.4.2.82pt_PT
dc.identifier.issn2183-4938-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ismt.pt/jspui/handle/123456789/1142-
dc.description.abstractObjetivo: O objetivo do presente estudo foi testar o efeito mediador da apreciação da imagem corporal na associação entre memórias de mensagens alimentares transmitidas pelos cuidadores durante a infância e adolescência e a adoção de comportamentos de compulsão alimentar na adultez. Método: Participaram neste estudo 246 mulheres e 133 homens da população geral que completaram numa plataforma online medidas de autorrelato para avaliar memórias de mensagens alimentares transmitidas pelos cuidadores, a apreciação da imagem corporal e sintomatologia de compulsão alimentar. Resultados: Os resultados revelaram associações negativas entre a recordação de mensagens alimentares precoces do tipo restritivo e crítico e a apreciação da imagem corporal e entre a apreciação da imagem corporal e a sintomatologia de ingestão alimentar compulsiva. Os resultados da análise de vias revelaram uma associação positiva entre mensagens parentais do tipo restritivo e crítico em relação à alimentação durante a infância e adolescência e a sintomatologia de compulsão alimentar, sendo esta relação parcialmente mediada pela apreciação da imagem corporal,que explicou 35% da variância da sintomatologia de compulsão alimentar, não revelando diferenças significativas entre o sexo masculino e feminino. Conclusões: Este estudo parece ter importantes implicações clínicas, demonstrando que a transmissão precoce de mensagens alimentares de controlo por parte dos cuidadores está associada a uma menor tendência dos indivíduos para adotar, posteriormente, atitudes positivas relativamente à imagem corporal e, consequentemente, mais comportamentos alimentares perturbados, como a compulsão alimentar. Estes resultados sublinham a importância de desenvolver programas para pais/cuidadores focados no desenvolvimento de estratégias adaptativas para regular o comportamento alimentar das crianças.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherDepartamento de Investigação & Desenvolvimentopt_PT
dc.relation.ispartofseries5;-
dc.subjectAnálise confirmatória, Apreciação corporal, Invariância por género, Mensagens alimentares transmitidas pelos cuidadores, Sintomatologia de compulsão alimentar, Estudo exploratóriopt_PT
dc.titleMemórias das Mensagens Alimentares Precoces Transmitidas pelos Cuidadores e Comportamentos de Ingestão Alimentar Compulsiva em Adultos da População Geral Portuguesa: estudo do papel da apreciação da imagem corporalpt_PT
dc.title.alternativeMemories of Early Caregiver Eating Messages and Binge Eating Symptomatology in Portuguese Adults: the role of body appreciationpt_PT
dc.typearticlept_PT
degois.publication.firstPage33pt_PT
degois.publication.lastPage41pt_PT
degois.publication.volumev. 4pt_PT
degois.publication.issuen. 2pt_PT
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.31211/rpics.2018.4.2.82pt_PT
Aparece nas colecções:Publicações Científicas Psicologia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
82-Texto Artigo-851-4-10-20181001.pdf212.65 kBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.